Dia 25 de Julho teremos mais uma oportunidade de ver a sede da Disney de colocar os 4 mil milhões que deu pelo franchise de Star Wars a render. Será nessa fatídica quinta-feira o lançamento de uma nova party para Club Penguin, baseada na primeira trilogia. Os mais novos terão assim a possibilidade de se juntarem a maior aventura da outra Galáxia neste MMO.

 

Mas esta missão da Disney de espremer o franchise até à última gota não é vista como uma novidade. Começou logo quando o negócio foi feito com a revelação de que iria ser criada uma nova trilogia, embora essa já fosse a vontade de George Lucas, assegurado pelas mãos do seu braço direito, Kathleen Kennedy. Em Junho, a comunidade gamer recebeu uma das melhores notícias dos últimos anos, com um novo Battlefront a ganhar forma no horizonte. Foi anunciado também o início dos Star Wars Weekends na Disneyworld para a Primavera de 2014 com novas atracções que incluem uma academia de treino para Jedis, viagens num speeder desde o planeta árido de Tatooine até à cidade gigante de Coruscant, sessões de autógrafos com as estrelas dos filmes… enfim, um misto de eventos relacionados com este Universo. E claro, não podemos esquecer os rumores de vários spin-offs que irão ser feitos com base em personagens mais secundárias da saga. Parece que não existe um fim para o lucro que Star Wars pode trazer a Disney.

Star-Wars-Weekends_mickey

Era isto que faltava! O Mickey num X-Wing.

 

Num Universo que vai desde filmes e livros até acessórios de cozinha e casa de banho, a questão que se coloca é: qual será o limite? Será que pode existir um conjunto de objectos a que Star Wars diga “não, não vamos colocar o nosso nome nisto”? Se anteriormente esta já era uma situação bastante abordada, com o envolvimento da Disney, notória por expandir e atribuir a sua marca, começam a ver-se pontos de exclamação delineados à volta da mesma. Sem dúvida que esta é uma oportunidade para ser agarrada com unhas e dentes já que vai introduzir a outra Galáxia a mais uma mão cheia de gerações, mas quando será traçado aquele risco no chão que não pode ser ultrapassado?