Ataque dos Clones #35

Ah! o Natal está quase à porta! Eu adoro o Natal! O trânsito infernal a semana toda (incluindo o fim-de-semana), os supermercados a abarrotar, os centros comercias cheios de famílias com crianças aos berros e a correr de uma lado para o outro, a pressão de comprar prendas para tudo o que é família mesmo para aqueles que não gostamos, a incessante musica natalícia em tudo o que é sitio… é… que bom… Mas, lamurias à parte, que venha de lá mais uma pérola do mundo clónico!

Hoje, e porque o natal está à porta, trago-vos o Mad Xmas. Desenvolvido pela Nice Code Software uma game developer chinesa famosa pelos seus fantásticos jogos “muito originais”, entre os quais temos as pérolas: Antiquarium, Burbles, Cute Fish, Eggs e quem poderia se poderia esquecer do grande, Rural Goblin – um whack-a-mole clone, ou para ser mais correto, um whack-a-Rural-Goblin. O que é um Rural Goblin perguntam vocês?

Isto é um Rural Goblin.

Digamos que a Nice Code Software está para o mundo dos videojogos como o José Severino para a Rádio Telegrafia – “Eu é mais bolos…”. E agora sem mais demoras Mad Xmas, que é um clone de Kaboom! da Activision com uma roupagem natalícia. O objetivo do jogo é apanhar o maior número possível de guloseimas e brinquedos largados pelo Pai Natal. E onde está a loucura, perguntam vocês?

Se fossem apenas brinquedos e guloseimas estaríamos bem, mas este não é um Pai Natal qualquer e em menos de nada somos atingidos por RAIOS, DEMÓNIOS e BOMBAS! O que poderia ser mais Natalício que um duende ser eletrocutado por um raio enquanto um demónio nos atormenta a alma e uma bomba rebenta o que resta do nosso corpo?

E no fundo é isto… é o que temos… não é bom nem é mau… é antes pelo contrário… Despeço-me com amizade, até um próximo programa e encham o bandulho de doces que eu vou fazer o mesmo!