Oh não! Mais um MMORPG de survival hardcore em perspectiva de primeira pessoa. É isto… não há muito mais a dizer.sobre Miscreated que saiu de Early Access recentemente.

Miscreated é mais um de uma longa linha de jogos que se concentram em aspectos comuns de sucesso sem conseguir ser melhor que aqueles que tentam imitar. É um jogo de sobrevivência num ambiente inóspito, sem recursos ao início e com a potencialidade de fazer algo se aguentarmos tempo suficiente. Ao contrário de Ark, Conan, Kenshi e mais alguns que têm sido revistos por nós nos últimos tempos, não tem uma peça que o destaque no seu ambiente tirando que há a possibilidade constante de sermos atacados por mutantes, ou hordas mutantes, ou outros jogadores e morrer. Várias vezes. Perdendo tudo o que conseguimos amealhar.

Há uma coisa em Miscreated que o redime, o facto de ter um clima dinâmico que influencia as condições físicas do personagem é um factor engraçado, não é inovador ou único mas está bem aplicado. De resto, o mundo estar destruído por uma guerra, mutantes espalhados pelos cenários prontos a matarem e elementos de exploração parecem mais uma cópia barata de um Metro – Exodus onde preferiram deixar a história e interacções com personagens de lado e focar só na parte que é provavelmente menos interessante.

Miscreated e outros jogos deste estilo são uma simulação suavizada do que eu imagino ser enviado para uma prisão de máxima segurança. Sigam o meu raciocínio:

Começamos com uma farda igual à de todos os outros novos prisioneiros (ou sem farda) e no máximo uma escova, pasta de dentes e um sabonete.

Somos lançados para a população geral com um mínimo de instruções, e temos que tomar decisões sobre o que fazer da vida.

Atacamos o gajo mais forte do pátio para mostrar que não se devem meter connosco?

Resultado provável é levar na boca.

Tentamos ficar num canto sossegados e esperar que ninguém repare em nós?

Resultado provável é levar na boca, mas um bocado mais tarde.

Procuramos algum grupo ou pessoa para nos aliarmos?

Provavelmente levamos na boca assim que nos aproximamos porque acham que os vamos atacar, e talvez levemos na boca depois também porque fomos choninhas

Eventualmente, se o nosso personagem sobrevive o suficiente para ser mais forte que os novatos que vão entrando podemos executar a nossa vingança neles.

Miscreated e os seus pares são isso, numa forma resumida. Os jogadores mais antigos dão cabo dos mais recentes porque podem, e porque foi o que lhes fizeram. É para quem gosta.