Análise

Wreckfest: Destruction Derby 2018

Wreckfest é o Destruction Derby que todos queríamos que existisse.

Análise

Omensight: Majora’s Mask com o pensamento no Cluedo

Omensight leva-nos a reviver o loop de um dia até descobrirmos quem assassinou a princesa e despoletou o fim-do-mundo.

Análise, Observador

The Crew 2: aborrecimento em alta velocidade

A Ubisoft volta às estradas com a sequela da série de condução em mundo aberto. The Crew 2 consegue elevar-se do terrível lançamento do seu antecessor, mas pouco mais do que isso.

Análise, Caça ao Indie

Into the Breach: a receita simples para um dos jogos do ano

Afinal quais são os ingredientes para a receita de sucesso do novo jogo dos criadores de FTL?

Análise, Observador

Octopath Traveler: os oito caminhos de um grande jogo

Octopath Traveler representa o regresso da histórica Square Enix à era dourada dos JRPGs, naquele que é um dos títulos obrigatórios da Nintendo Switch. 

Análise

Para quê esperar por XCOM quando se tem BattleTech?

Já perdi a conta a quantos artigos sobre tactical RPGs escrevi esta semana, e ainda por cima falta um que está na calha: Into…

Análise, Caça ao Indie

Aggelos: relembrar os pais dos metroidvanias

Aggelos é muito mais uma homenagem aos primórdios do género do que uma tentativa de o reinventar.

Análise

Yoku’s Island Express o melhor jogo de que ninguém fala

Yoku’s Island Express é uma das ideias mais originais e um dos melhores jogos que jogámos em muito tempo.

Análise, Observador

Super Mario: o verdadeiro ás dos courts de ténis

O nosso destaque do fim-de-semana no Observador foi para o regresso em excelência do canalizador aos courts em Mario Tennis Aces.

Análise

Vampyr: o férreo sabor a sangue coagulado

Deitámos o dente a Vampyr e explanamos numa longa análise todas as oportunidades perdidas de um dos mais originais jogos dos últimos anos.