Análise

Keep talking and nobody explodes. Unless they do. And it’s your fault.

Há aqueles jogos que se compram pelo nome. Keep talking and nobody explodes fez-me inspirar Monty Python e expirar Stanley Parable só pelo nome.…

Análise

Overwatch – it’s never over… just watch it!

Depois de mais de um mês de Overwatch o veredicto é simples: comprem-no!

Análise

Furi is the right kind of hard

Some things piss me off. You will certainly not witness public debate on feminism, SJWs or safe spaces on this article, or even my…

Análise

Monster Hunter Generations – Entre dragões e gatinhos

Monster Hunter é um daqueles famosos casos com que nos deparamos na indústria onde não existe um meio-termo; ou se odeia, ou se adora.

Análise, Touch Me!

Out There Chronicles

De volta ao universo de Out There, mas num estilo diferente.

Análise

ANIMA – GATE OF MEMORIES

Sabem aquelas coisas que provamos e no imediato, não sabemos dizer se gostamos ou não? Como aquelas comidas que nos deixam baralhados, porque têm…

Análise

Sherlock Holmes: The Devil’s Daughter

O Sherlock deste Devil’s Daughter troca o charme robusto do narigudo de chapéu e cachimbo pela mandíbula viril do John Hamm e a farda tenebrosa da versão Guy Ritchie.

Análise

On Rusty Trails é illuminati

On Rusty Trails é o último platformer com estilo que me lembro de jogar depois de FEZ. Porém, calma.

Análise

Kirby: Planet Robobot

Kirby: Planet Robobot vem adicionar mais um excelente jogo de plataformas à consola com os jogos mais bem cotados do género.

Análise

Chronicles of Teddy: Harmony of Exidus

Se o gaming moderno não for do seu agrado e desespera por um novo Castlevania à altura, este Chronicles of Teddy poderá preencher a sua fome.