Caça ao Indie

Crítica

Análise, Caça ao Indie

Um abraço neste último encontro

Last Encounter consegue fazer algo que poucos twin stick shooters fazem: trazer novas ideias para a mesa.

Análise, Caça ao Indie

Ash of Gods: pelos meandros de Banner Saga 2.5

As muitas semelhanças de Ash of Gods: Redemption com Banner Saga são mais um elogio do que uma crítica.

Análise, Caça ao Indie

Juicy Realm: balada de frutas

Juicy Realm é um divertido roguelike twin stick shooter para toda a família com fruta que nos quer matar. E não estamos a falar do Apito Dourado.

Inspector Geringonças

Com o melhor dos headsets de gaming na cabeça. Literalmente

SteelSeries Arctis Pro + GameDAC eleva-se como o melhor dos melhores dentro dos headsets de gaming.

Antevisão

Eco: um God Game preocupado com a Terra

Eco é um god game que pega em Minecraft e imbui-o com preocupações ecológicas.

Antevisão, Caça ao Indie

Prismata: jogar às cartas e pensar no fim da Humanidade

Prismata é um interessante cruzamento entre card game e jogo de estratégia com recursos, construções e combate.

Análise

O regresso de Richard Garriott. Será a Ultima vez?

Richard Garriott voltou ao activo com este sucessor espiritual de Ultima. Shroud of the Vatar: Forsaken Virtues valerá a pena com a oferta actual que existe?

Análise, Caça ao Indie

O amor também é um lugar triste

Solo coloca-nos perguntas que muitos de nós nunca nos colocámos, e muitas outras que nunca fizemos à pessoa que amamos.

Antevisão

Ganbatte! Sushi, gatos e “All you can eat”

Ganbatte é um jogo simples com algumas premissas estranhas: temos um cenário de influência Japonesa povoado por gatos no espaço a comer sushi. Este…

Análise, Caça ao Indie

Um monstro também chora. E tem hormonas

Para todos os que achavam que era impossível transformar um dating sim num jogo competitivo, Monster Prom prova o contrário.