Caça ao Indie

Análise, Caça ao Indie

Juicy Realm: balada de frutas

Juicy Realm é um divertido roguelike twin stick shooter para toda a família com fruta que nos quer matar. E não estamos a falar do Apito Dourado.

Caça ao Indie

I(ndie)rrealidade Virtual

Nos dias de hoje é impossível não sermos sugados pela Realidade Virtual. Que o digam ARK Park, Throw Anything e Vroom Kaboom.

Caça ao Indie

Fea of the dak? Fea of the daaaaaak!

Ion Maiden, Who’s in the box? e Zombie Serial Killer Incident mostram-nos que não é peciso te medo do escuo.

Caça ao Indie

É um café cheio, em chávena quente, sem princípio nem fim, e 2 indies

Há pedidos nos cafés mais estranhos do que as ideias que March to Glory e Stormland trazem para o campo dos jogos de estratégia por turnos.

Caça ao Indie

À conquista do mundo

X-Morph: Defense e Dominari Tournament são dois indies que nos falam de como conquistar mundos. Como os Da Vinci também fizeram.

Caça ao Indie

Sky Rogue into the Danger Zone!

Sky Rogue into the Danger Zone!

Antevisão, Caça ao Indie

Prismata: jogar às cartas e pensar no fim da Humanidade

Prismata é um interessante cruzamento entre card game e jogo de estratégia com recursos, construções e combate.

Análise, Caça ao Indie

O amor também é um lugar triste

Solo coloca-nos perguntas que muitos de nós nunca nos colocámos, e muitas outras que nunca fizemos à pessoa que amamos.

Análise, Caça ao Indie

Um monstro também chora. E tem hormonas

Para todos os que achavam que era impossível transformar um dating sim num jogo competitivo, Monster Prom prova o contrário.

Antevisão, Caça ao Indie

Mil e uma noites em City of Brass

E que tal ser uma espécie de Ali Babá em City of Brass?