Caça ao Indie

Antevisão, Caça ao Indie

Robothorium: Sci-fi Dungeon Crawler, e o título diz tudo

Dos criadores de Dungeon Rushers chega-nos um jogo cujo título diz mesmo tudo.

Antevisão, Caça ao Indie

Vigilantes: quando XCOM e o Daredevil colidem

Se algum dia imaginaram como é que seria a interpretação do universo da Marvel do Netflix, de heróis e vilões street level com XCOM, Vigilantes é o jogo que procuram.

Caça ao Indie

O Meh, o Mau e o Pior

O Meh, o mau e o pior. Uma espécie de cópia chinesa do Bom, do Mau e do Vilão.

Antevisão, Caça ao Indie

Não te esfaimes com plasticina. Ou Don’t Starve, mas diferente

Já sobreviveram a tudo em Don’t Starve? Então mergulhem em Disdoored e preparem-se para moldar plasticina.

Análise, Caça ao Indie

Aggelos: relembrar os pais dos metroidvanias

Aggelos é muito mais uma homenagem aos primórdios do género do que uma tentativa de o reinventar.

Caça ao Indie

Venham brincar comigo

Venham brincar comigo, dizem os jogos indie na primeira pessoa Downward Spiral: Horus Station, PLAY WITH ME e OVERLOAD. E nós brincamos.

Caça ao Indie

À lei da espada

Anima: Gates of Memories – The Nameless Chronicles e KryptCrawler são 2 indies que nos enviam para a refrega de espada na mão.

Caça ao Indie

E depois do Mundial? Mais futebol?

Temos de apaziguar a ressaca de futebol com mais futebol. E é isso que prometem os 2 indies de hoje.

Caça ao Indie

Tenta, morre, tenta outra vez

Jogos em que se morre vezes sem conta são apenas para alguns palatos mesmo quando são de qualidade.

Caça ao Indie

Faltava um bocadinho assim

São 3 indies que poderão vir a ser bons jogos feitos a partir de boas ideias. Mas que nesta fase de Early Access ainda lhes falta “um bocadinho assim”.