Caça ao Indie

Juntos no sofá ou por lá perto

Jogos multiplayer online dão jeito, mas não têm aquela magia de jogar com amigos no sofá. Infelizmente mesmo alguns jogos que apontam para isso não têm magia também.

Antevisão, Caça ao Indie

O livro infantil que todos deveriam ter

She and the Light Bearer é a transição entre os livros de ilustração infantis e os videojogos.

Caça ao Indie

E agora para algo nada (indie)ferente

Para um indie chamar a atenção sobre si tem que ser diferente. Completamente diferente.

Análise, Caça ao Indie

Distortions: o mau género de bizarro

Imaginar algo e chegar até lá são coisas bem diferentes. Com todo o potencial perdido e terrível execução, Distortions é um dos candidatos a pior do ano.

Caça ao Indie

Manticore: This Galaxy is on Fiiiiire!

Manticore: Galaxy on Fire é o primeiro da sua espécie na Switch

Caça ao Indie, Opinião

Quote The Raven: Remastered

The Raven é uma grande opção para fãs de point and clicks de mistério e crime.

Caça ao Indie, Ide Jogar, É Grates!

Not Walking Dead Maze

Uma opção free to play com inspiração em algo que eu não vejo nem que me paguem.

Caça ao Indie

Deuses Vikings, Robots e Detectives

Quando se junta deuses Vikings e robots num ambiente distópico e uma história de detectives o que temos? Algo que podia ser melhor.

Caça ao Indie

Gatafunhadas de referências de tudo: Strike Force Kitty

O melhor de Strike Force Kitty são os fatos, cada um com uma referência hipster-geek-pop-nerd que desafia a nossa cultura.

Caça ao Indie

Pewpewdiepew

É uma caçada sobre 3 “jogos de tiros” e uma piada à onomatopeia e ao Youtuber. Pelo menos 2 destas falharam redondamente.