Opinião

Caça ao Indie, Opinião

Aquele bar Cyberpunk ao fundo da rua

The Red Strings Club é mais do que um indie cyberpunk. É uma das melhores obras narrativas a serem desenvolvidas neste ambiente.

Caça ao Indie

Not another Switch Movie

Por culpa dos Wayans fomos soterrados em paródias. Por culpa das boas vendas a Switch está a ser soterrada em indies.

Caça ao Indie

Switch para nostalgia

Indies que bebem da nostalgia há muitos. E estão a chegar em catadupa à Switch.

Análise, Caça ao Indie

Battle for Enlor – Dodgeball de desrespeito por regras básicas

Battle for Enlor apresenta-se como um jogo de estratégia por turnos, com cartas. mas por 3,99€, será que vale a pena?

Caça ao Indie

Foie gras de indie com guarnição de roguelike

Comer bem e jogar bons jogos são artes difíceis de dominar.

Caça ao Indie

Wulverblade: a versão adulta dos beat’em ups

Num clima de apontar o dedo, vou já indicar a cultura pop dos 1980s e início da década seguinte pela visão condicionada que tenho…

Caça ao Indie

Super Hydorah – Um piloto (ou dois) contra tudo e todos

Super Hydorah é um dos melhores shmups que alguma vez jogámos, sendo capaz de nos transportar para uma era de jogabilidade simples, eficaz e polida.

Antevisão, Caça ao Indie

Star Traders: Frontiers, a verdadeira guerra nas estrelas

Star Traders: Frontiers está em Early Access, mas já é dos nossos RPGs/jogos de estratégia favoritos.

Análise, Caça ao Indie

Dead Ground, terreno fértil para amantes de tower defense. Só.

A coisa funciona bem em Banner Saga. Não tão bem aqui em Dead Ground. Primeiro porque não há toda a envolvente de história que não só embeleza como é o cerne da vida de Banner Saga.

Caça ao Indie

Uma canção sobre o efeito de bola de neve: Influence

É tudo uma questão de números e resiliência em influence.