Caça ao Indie

Rogue, com letras trocadas, é vermelho em francês

Dois indies, que ou têm vermelho ou têm algo de rogue neles.

Caça ao Indie

Pylon: Rogue, depois do roguelite, o rogue****-se

Infelizmente, Pylon: Rogue, apesar de nos fazer lembrar um Diablo interessante, falha em conseguir equilibrar desafio e justiça.

Caça ao Indie

Aponta, aponta, clica, clica

Jogos de aventura, aventuras-gráficas, jogos point ‘n click, ou qualquer outra coisa mais ou menos ofensiva que lhes queiram chamar.

Caça ao Indie

A outra dos tiros. E da pancadaria

A semana passada tínhamos uma caçada de tiros. Nesta semana adicionámos pancadaria de rua para tornar a coisa mais viva.

Caça ao Indie

A caçada dos tiros

Três indies “de tiros” com um look retro. Só lhes falta dispararem rolhas de cortiça das armas.

Caça ao Indie

Estratégias há muitas, seu palerma

Há muitas formas de se fazerem jogos de estratégia. Estes dois indie provam isso mesmo.

Caça ao Indie

Das cavernas aos cubículos de escritório

Dizem que o Homem evoluiu muito desde o tempo das cavernas. Dizem.

Caça ao Indie

Chamem o 115. Aliás, o 112

Comemorar 3 indies com a memória dos dias em que o 115 passou a 112.

Caça ao Indie

Histórias de encantar e alternativas

A arte de contar histórias está perdida, num dos jogos de hoje, podemos vê-la recuperada.

Caça ao Indie

HYPERNOVA: Escape from Hadea

HYPERNOVA: Escape from Hadea é um tower defense mas é mais, muito mais do que isso.