Caça ao Índio

Sine Mora EX – SHMUP 101

Uma evolução do original já com 5 anos, Sine Mora EX é a melhor porta de entrada para Side Scroll Shoot’em Ups que vi ultimamente.

Caça ao Índio

A primeira caçada indie na Switch

Algum dia tinha de ser o dia da primeira caçada indie na Switch.

Caça ao Índio

Bimby Lander

Há jogos que são como a Bimby, muito bonitos mas exageradamente caros para o que está debaixo da sua camada estética superficial.

Caça ao Índio

Yonder e o equilibrio quase perfeito

Num ano cheio de bons jogos, Yonder podia ter passado em baixo do nosso radar, mas felizmente estamos bem equipados.

Caça ao Índio

Disparos de gémeos do pau

Twin stick shooters estão vivos e recomendam-se. Mesmo que traduzidos num manual de instruções de um brinquedo da loja dos chineses.

Caça ao Índio

Diários da Destruição

Há indies que seguem as pisadas de Michale Bay: entretenimento puro e duro, com o cérebro guardado na algibeira.

Caça ao Índio

Passagens de agressão, gritos de guerra

Os 3 indies dos quais falamos hoje abordam todos a guerra como ambiente, indo do realismo de um à imaginação em extremos opostos da linha temporal de outros dois.

Caça ao Índio

Até parece que foi ontem

Os 3 indies desta semana podiam ter sido feitos ontem, se considerarmos ontem como a década de 1990.

Caça ao Índio

RPGs são os cogumelos da cena indie

RPGs, Roguelikes, Dungeon crawlers e JRPGs, multiplicam-se na cena indie como cogumelos numa floresta húmida. Mas nem todos são comestíveis.