A Hora do Meh

Crowd Smashers – Kameha…meh!

Crowd Smashers é divertido, em pequenas doses, antes de nos contagiar uma vontade de ir jogar uma coisa qualquer, mais completa, mais profunda.

A Hora do Meh

Beyond Enemy Lines – mais não, por favor!

Beyond Enemy Lines é um jogo de acção furtiva que promete passar furtivamente pela vossa biblioteca de jogos instalados.

A Hora do Meh

A Hora do Meh ao som de André Sardet

André Sardet é a Banda-Sonora oficial d’A Hora do Meh, sendo ele mesmo o pai desconhecido do Meh!

A Hora do Meh

SkyTime ou Os Jogadores: bilhete só de ida para Meh!

Skytime (o jogo indie) e Os Jogadores (série da RTP) são duas tentativas aquém das suas potencialidades.

A Hora do Meh

Super Treasure Arena-gel, em breve na sua farmácia

A Pharmacia Gallinacea tem-os em stock, mas desaconselha genéricos. Mesmo aqueles da qualidade Super.

A Hora do Meh

Lendas do Coração às Postas

Nest Hora do Meh trazemos dois jogos feitos com uma maior dose de coração do que de cabeça.

A Hora do Meh

O jogo do pau ou os jogos a pau

Na regresso d’A Hora do Meh fustigamos três jogos medianos com recurso à paulada.

A Hora do Meh

ZHEROS – quer genérico ou de marca?

Zheros é tão mediano que sabe a água da torneira. Mas daqui de Odivelas.

A Hora do Meh

E.T. Armies – [Inserir título genérico aqui]

E.T. Armies coloca-nos na primeira pessoa, com uma arma na mão, e isso deve querer dizer que é um FPS.