Touch Me!

Análise, Touch Me!

Hogwarts Mystery: Harry Potter e as Pedras de Energia

Há uns anos pensava que os jogos baseados em licenças não podiam ficar piores. Eis o mercado dos smartphones.

Touch Me!

Battleship: Commanders – Batalhas Navais made in Portugal

Battleship: Commanders é o mais recente jogo mobile feito em Portugal pelo estúdio Marmalade. Mais um jogo da Hasbro, o clássico Batalha Naval é colocado nas mãos experientes do estúdio que mostra mais uma vez o que de melhor se faz no mercado nacional.

Touch Me!

Touch me two times Mi-Clos

Jogos da Mi-Clos num double feature de toque.

Caça ao Indie, Touch Me!

The Queen is Dead, boy!

Para além do excelente álbum dos The Smiths, é também a frase que mais vão ler em Reigns Her Majesty, a sequela do brilhante Reigns de 2016.

Touch Me!

Alien Path – O caminho do dinheiro fácil

Há muito que não tocava nada disto para os meus lados. Toquei em Alien Path, gostei e também não gostei. Não é fácil explicar.

Touch Me!

Zhed, o puzzle game português para levar para todo lado (até o WC)

Zhed é o novo puzzle game mobile desenvolvido pelo estúdio Ground Control. E é tão viciante que vai ir connosco para todo o lado. Até o WC.

Touch Me!

Vignettes: as muitas histórias em silêncio

Eis que das sombras do desconhecido surge o melhor jogo mobile que jogámos este ano: Vignettes.

Touch Me!

Fire Emblem Heroes

A Nintendo continua nos lançamentos fora das suas plataformas, desta vez com Fire Emblem Heroes.

Touch Me!

Pokémon Duel

Pokémon Duel é metade boardgame, metade vício de trazer no bolso.

Touch Me!

O melhor jogo sobre vómito de sempre. A sério.

Encontrámos o melhor jogo sobre vómito de sempre. E não há concorrente próximo.