Artigos de André Henriques

Análise

Horizon: Zero Dawn – Por entre a folhagem e o aço

A 5% de ser finalizado tudo o que existe para fazer num mundo majestoso como o de Horizon: Zero Dawn, falamos das 40 horas de viagem que levámos.

Antevisão, Observador

Horizon Zero Dawn: O encanto do mundo pós-apocalipse

A semana passado o Rubber Chicken dirigiu-se a Madrid a convite da Sony, para experimentar Horizon Zero Dawn, um dos títulos mais aguardados deste ano.

Opinião

Scalebound – O fim de uma relação

Como é que a Microsoft não é capaz de dar oportunidade de Scalebound ser lançado com a qualidade devida?

Opinião

Os TGVs de 2016 em 2017

Os prémios de melhores jogos de 2016 da nossa galinha mais jovem chegaram de TGV tarde à estação, mas fizeram a melhor das viagens.

Análise

Dishonored 2

Numa altura em que muitos se esforçam por gráficos e mundos super realistas, Dishonored 2 opta por uma personalidade própria distinta dos demais,

Análise

Gears of War 4 – Em família

Terá o estúdio The Coalition desenvolvido uma sequela com este Gear of War IV?

Gamescom 2016

Gamescom 2016 – Não há conferência, mas há festa da EA

As conferências já lá foram. Ficam as festas, como a da EA.

Gamescom 2016

Gamescom 2016 – Um café entre orcs e humanos

Foi de facto o Legion Café quem abrilhantou a ruas alemãs.

Análise

Deus Ex: Mankind Divided – Força R3volucionária

Deus Ex: Mankind Divided traz-nos uma sociedade politica e socialmente dividida onde o racismo fala mais alto. Um exemplo da realidade a inspirar a ficção.

Análise

Monster Hunter Generations – Entre dragões e gatinhos

Monster Hunter é um daqueles famosos casos com que nos deparamos na indústria onde não existe um meio-termo; ou se odeia, ou se adora.