Artigos de Ricardo Correia

Análise

Aftercharge: descarga assimétrica de boas ideias

Desde a primeira partida que sentimos que um dos grandes méritos de Aftercharge é o equilíbrio mecânico dentro da sua assimetria.

Análise

REHTONA: bem-vindos ao Upside Down

Enganadoramente simpático com a sua pixel art colorida e detalhada, REHTONA é um dos melhores e mais difíceis 2D puzzle platformers que já jogámos.

Análise, Caça ao Indie

Um rhythm game para Paulo Portas

Sonar Beat é um rhythm game que nos vai relembrar o nosso antigo Vice-Primeiro-Ministro.

Análise, Caça ao Indie

FutureGrind: as corridas de motas impraticáveis de amanhã

Um desporto do futuro com motas de rodas coloridas verticais e rotativas e que rapidamente levam os seus pilotos à morte.

Notícia

Documentário da história da CD Projekt: da pirataria ao panteão dos videojogos

Em Dezembro de 2018 o Rui Parreira fez um documentário sobre a história da CD Projekt, empresa que começou na pirataria e é hoje uma das mais respeitadas criadoras de jogos.

Análise, Caça ao Indie

Pikuniku: a necessária dose de absurdo nos nossos dias

Falta mais absurdo na nossa vida. O tom sério de todas as coisas que se passam à nossa volta parece que se reflecte na…

Opinião

The Walking Dead: poderá o melhor residir no fim?

The Walking Dead: The Final Season eleva o patamar de qualidade da série para onde ela apenas esteve na sua primeira temporada. Poderá o cair do pano superar a própria série?

Análise, Caça ao Indie

Quão sexy consegue um pixel ser?

A série que nos deixou a todos a suspirar para pixeis num ecrã está de volta: Leisure Suit Larry voltou numa nova aventura para nos fazer esquecer os maus jogos da década passada.

Análise

New Super Mario Bros. U, desta vez com ainda mais luxo

Os jogos de plataformas 2D têm o seu pináculo neste título que pode ser jogado a solo ou em cooperativo, e que é obrigatório para quem o falhou na Wii U.

Análise, Caça ao Indie

TSIOQUE. Lê-se “choke” e joga-se “maravilha”

TSIOQUE é uma aventura gráfica brilhantemente ilustrada e animada, fazendo lembrar em muito o trabalho de Don Bluth.