Artigos de Ricardo Correia

Opinião

O Monster Hunter que ninguém sabia que precisava

Há um apelo muito grande neste Monster Hunter Stories, que cedo demonstra ser mais do que um mero spinoff.

Caça ao Índio

Nidhogg 2, a viscosidade fica-lhes tão bem

Nidhogg 2 é o mesmo jogo que jogámos antes, com ligeiras alterações que são na realidade mais significativas do que aparentam.

Análise, Caça ao Índio

Garrett McNamara’s Pro Surfer

Décadas depois do sucesso dos jogos de desportos radicais, Surf World Series cavalga a onda do revivalismo.

Análise, Observador

Last Day of June: o amor não termina com a morte

O enredo tem num acidente inevitável o ponto de partida para o melhor e mais belo jogo de 2017 do qual não vão ouvir falar.

Caça ao Índio

Absolver e artes marciais elevadas aos céus

Absolver mostra-nos que diversas coisas boas não fazem uma coisa boa por si só.

Análise, Observador

Knack 2, o regresso do pequeno gigante

Chegou ontem às lojas a sequela de Knack, um dos jogos de lançamento da PS4. Terá Knack 2 elevado a fasquia do fraco antecessor?

Observador

Agents of Mayhem, a febre de sábado de manhã

Agents of Mayhem vira do avesso as memórias das séries de animação da nossa infância, e pouco mais faz com elas do que uma paródia violenta e superficial.

Caça ao Índio

À conquista do mundo, um peixe de cada vez

Rule with an Iron Fish podia ser apenas um jogo de pesca casual. Mas fez pontaria ao Cthulhu e tornou-se algo mais. Muito mais.

A Hora do Meh

Crónicas de um Verão aMehno

O derradeiro momento de um Verão cheio de jogos meh.

A Hora do Meh

Quando RPG passa a RPMeh!

Apanhar RPGs medianos é quase como tirar 1 num dado de 20. Mas menos crítico que isso.