Artigos de José Machado dos Santos

Opinião

Realidade Virtual para além de uma geração de acessórios

A realidade virtual é um conceito que ultrapassa as atuais aplicações como acessório de videojogos. E está a cimentar o seu lugar no mundo fora das casas dos jogadores.

Opinião

O preço dos jogos inacabados

Um jogo completo é mais barato que um inacabado e cheio de erros. Esta situação só ocorre com um diferencial de tempo, mas é ainda assim pertinente para a indústria.

Opinião

Como ajudar alguém a apaixonar-se por videojogos em 5 passos

O rude provérbio diz que “Todo o burro come a palha, é preciso saber dar-lha”. Quando a palha são videojogos, fica ainda mais fácil.

Opinião

E3: Espetáculo, Esperança e Engano

Antes de mais uma Exposição de Entretenimento Eletrónico, vamos falar da diminuição do papel da imprensa, e suas consequências.

Análise, Touch Me!

Hogwarts Mystery: Harry Potter e as Pedras de Energia

Há uns anos pensava que os jogos baseados em licenças não podiam ficar piores. Eis o mercado dos smartphones.

Opinião

Um desabafo inconsequente sobre modas

Quem faz videojogos quer vendê-los ao maior número de interessados. Mas seguir sempre o que está na moda é um dos problemas da indústria.

Chicken Nugget

Alteric: um cubo, muitos saltos e ainda mais mortes

Desafio e uma estética 2D chamativa. “Thomas Was Alone” encontra “Dark Souls”, dizem os criadores.

Opinião

O quotidiano como jogabilidade e ferramenta narrativa

Os jogos servem para escapar ao quotidiano, mas há títulos que nos fazem seguir também as rotinas dos seus mundos. E isso não é tão mau como soa.

Opinião

Ready Player One: Editado para Realismo

Apesar de gostar do mundo digital de Ready Player One, parece que Ernest Cline não voltou a pegar num jogo desde os anos 80, e não conhece o mundo online.

Opinião

A violência nos videojogos e porque precisa existir

Que a discussão acerca da violência nos videojogos é uma fachada já todos sabemos. Mas porque é um elemento tão prevalente?