O Rubber Chicken

Monkey Island Chicken

 

Seja a Gravity Gun de Half Life 2, a BFG 9000 de Doom ou a Master Sword de Zelda, são muitos os objectos de jogos que ficaram na memória de todos nós, pelo misto de entusiasmo e excitação que provocaram, mas para nós um dos objectos mais memoráveis na história dos videojogos é, sem dúvida, Rubber Chicken with a Pulley in the Middle. Tinha algo mais – humornarrativa e a dose certa de absurdo.

Estes eram os atributos principais do título The Secret of Monkey Island, onde figura o estranho objecto, naquele que foi, em 1990, um dos melhores exemplos demonstrativos de que os videojogos seriam um dos melhores métodos de entretenimento usado para contar histórias – essa forma milenar de ensinar os humanos a absorver o mundo. Enquanto as gerações de 70 e 80 trocavam as disquetes ao longo do jogo, nascia uma forma muito mais consciente do acto de jogar.

Pois bem, 30 anos depois, continuamos a jogar.

 

O Rubber Chicken pretende ser um site  que junta adultos de várias idades interessados sobre os pontos de viragem e os momentos mais marcantes desta indústria. Existem já demasiados blogues noticiosos com uma necessidade constante de publicarem o último update quase em tempo real e a noticiarem constantes rumores e vapor news que se contradizem entre si. Muitos deste sites são muito bons e a maior parte deles as nossas leituras diárias. Mas num momento em que a imprensa de videojogos se vê obrigada a fazer crítica em dois dias de jogos que nos pedem mais de duas semanas de investimento, falta um lugar para uma escrita mais calma e pensada.

O Rubber Chicken é um espaço de opinião de todas e todos. Qualquer pessoa poderá submeter um artigo e, se for adequado ao nosso estilo editorial, este será publicado no nosso site.

 O Rubber Chicken destaca-se também nas análises a jogos. Toda a nossa política de análises poderá ser consultada aqui, com linhas mestras explícitas acerca da importância do que escrevemos, com o compromisso de que aspectos como a qualidade narrativa e das mecânicas de jogo se sobrepõem sempre à qualidade técnica.

O Rubber Chicken é um olhar adulto e de escrita irreverente e original sobre os videojogos, escrito para quem joga e para quem lê por gerações diferentes mas com o mesmo objectivo – ir sempre um pouco mais além.

A equipa do Rubber Chicken está em constante mudança como qualquer equipa de futebol ou os Vingadores, ou a Liga da Justiça. E conta com participações regulares, ou nem por isso de vários colaboradores. E já contou com um número de ilustres contribuidores que continuam parte da família deste galinheiro.

Agora os doze indomáveis patifes são:

Miguel Tomar Nogueira

Frederico Lira

Johnny Rodrigues

Ricardo Correia

Roberto Gil

Tiago Leonel Ferreira

Isaque Sanches

Alexa Ramires

João Machado

Bernardo Tavares

Ricardo Mota

Matthieu Rego

André Henriques

Horizontal_o_transparent