Análise

Kings and Heroes – Bugs and Boredom?

Mais uma boa tentativa para criar um RPG inovador, mas mais um novo falhanço nessa mesma tentativa.

Análise, Observador

EA Sports UFC 3: vale tudo menos tirar pixeis

EA SPORTS UFC 3 é uma das grandes surpresas deste início de ano.

Análise

Lost Sphear: a auto-homenagem da Square. E pouco mais

Mas em que é que falha Lost Sphear, onde por exemplo Bravely Default não falhou?

Caça ao Indie

Indecision. (ponto final): Um passeio não sei muito bem onde

A melhor maneira que tenho para descrever Indecision. seria compará-lo com um festival de curtas metragens.

Antevisão, Caça ao Indie

Invasion: um tiro no vazio

Quando queres fazer um jogo mas não queres ter trabalho…

Caça ao Indie

CONTRA… tudo e contra todos: Clash Force

Lembram-se do Contra? E do Mega Man? E do Metal Slug? Também o criador de Clash Force se deve ter lembrado.

Análise, Observador

Dragon Quest Builders: Minecraft, mas com um objectivo

Dragon Quest Builders une, literalmente, o melhor de dois mundos, criando o nosso jogo favorito do género.

Caça ao Indie

Mentes simples ou simplesmente vermelho?

Poucos são os casos em que simples é sinónimo de bom. Mas

Hens of Pen and Paper

Fate: nas Asas Infinitas do Destino

Quando falamos no destino, tendemos por norma a falar na sua natureza fatalista, contrariar a mesma recorrendo à inegável (ou não) existência de livre-arbítrio,…

Antevisão, Observador

Ni no Kuni II Revenant Kingdom, a magia de jogar um filme dos estúdios Ghibli

A convite da Bandai Namco estivemos dois dias num castelo em Kent a conhecer Ni no Kuni II Revenant Kingdom em primeira mão.