fps

Caça ao Índio

Diários da Destruição

Há indies que seguem as pisadas de Michale Bay: entretenimento puro e duro, com o cérebro guardado na algibeira.

Caça ao Índio

Até parece que foi ontem

Os 3 indies desta semana podiam ter sido feitos ontem, se considerarmos ontem como a década de 1990.

Caça ao Índio

Retro shooting como se fosse 1900 e tal

Retro shooting é mais do que o Stallone com uns Aviators.

Observador

Farpoint: um passo em frente nos jogos de Realidade Virtual

Farpoint, o jogo de lançamento do Controlador de Mira do PSVR são alvo da nossa reflexão neste início de semana no Observador.

Opinião

Outlast 2, o horror verdadeiro e os outros, como Roots of Insanity

Outlast 2 e Roots of Insanity estão em extremos opostos do horror e qualidade de execução.

Caça ao Índio

Primeira pessoa parte segunda

Segunda parte da caçada semanal sobre jogos na primeira pessoa.

Antevisão

PLAYERUNKNOWN’S BATTLEGROUNDS – em maiúsculas para se ver bem

PLAYERUNKNOWN’S BATTLEGROUNDS entrou de rompante no mundo dos videojogos e, em 15 dias, saltou de desconhecido para 1 milhão de cópias vendidas. Porquê?

Opinião

Days of War – Seconds of Fun

Days of War promete-nos dias de guerra. Traz-nos alguns segundos de frustração antes de fecharmos o jogo e irmos fazer outra coisa.

Caça ao Índio

1998: o cântico da Nintendo 64

Chegaram esta semana dois jogos ao Steam que exalam Nintendo 64.

A Hora do Meh

Beyond Enemy Lines – mais não, por favor!

Beyond Enemy Lines é um jogo de acção furtiva que promete passar furtivamente pela vossa biblioteca de jogos instalados.