indie

Opinião

War for the Overworld: as saudades que eu já tinha de Dungeon Keeper 2

Dungeon Keeper 3 nunca chegou a sair pelas mãos da Bullfrog. Mas War for the Overworld vem suprir essa falha.

Opinião

Redeemer: alguém que chame o Steven Seagal?

Redeemer é um beatm’em up que nos traz todos os clichés possíveis da cinematografia de Steven Seagal e Jean-Claude Van-Damme.

Caça ao Índio

A primeira caçada indie na Switch

Algum dia tinha de ser o dia da primeira caçada indie na Switch.

Entrevista

Dois dedos de conversa com Zvonimir Barać, autor de Viktor, a Steampunk Adventure

Depois de termos adorado o quão estranho e irreverente é Viktor, a Steampunk Adventure, e a história do seu protagonista, um javali que perdeu…

Caça ao Índio

Bimby Lander

Há jogos que são como a Bimby, muito bonitos mas exageradamente caros para o que está debaixo da sua camada estética superficial.

Opinião

A Switch enquanto tábua de salvação indie

Com quase todas as plataformas completamente saturadas, a Switch pode ser a saída para o mercado indie. Mas até quando?

Caça ao Índio

Yonder e o equilibrio quase perfeito

Num ano cheio de bons jogos, Yonder podia ter passado em baixo do nosso radar, mas felizmente estamos bem equipados.

Opinião

Um balde de água fria pela excitação abaixo

Masquerada: Songs of Shadows, é o equivalente em videojogo de, e permitam-me, o jargão, “bolas azuis”.

Caça ao Índio

Disparos de gémeos do pau

Twin stick shooters estão vivos e recomendam-se. Mesmo que traduzidos num manual de instruções de um brinquedo da loja dos chineses.