Narrativa

Opinião

O quotidiano como jogabilidade e ferramenta narrativa

Os jogos servem para escapar ao quotidiano, mas há títulos que nos fazem seguir também as rotinas dos seus mundos. E isso não é tão mau como soa.

Análise, Observador

Last Day of June: o amor não termina com a morte

O enredo tem num acidente inevitável o ponto de partida para o melhor e mais belo jogo de 2017 do qual não vão ouvir falar.

Hens of Pen and Paper

Uma grande aventura tem sempre um simples começo

Um enredo não precisa de ser simples e linear. O segredo está nos detalhes.

Opinião

Uma conversa muito intelectual sobre Narratologia e Tendências de Design

Os críticos estão sempre mais expostos à indústria, vêem mais coisas e fartam-se mais rapidamente, mas isso não quer dizer que as coisas não estejam lá.