PC

Análise, Caça ao Indie

Quão sexy consegue um pixel ser?

A série que nos deixou a todos a suspirar para pixeis num ecrã está de volta: Leisure Suit Larry voltou numa nova aventura para nos fazer esquecer os maus jogos da década passada.

Antevisão

Thea 2: The Shattering: sobreviver num mundo de cacos

Thea 2: The Shattering, em Early Access, é a sequela antecipada do primeiro vencedor de sempre dos Machados do Ano.

Análise, Caça ao Indie

TSIOQUE. Lê-se “choke” e joga-se “maravilha”

TSIOQUE é uma aventura gráfica brilhantemente ilustrada e animada, fazendo lembrar em muito o trabalho de Don Bluth.

Opinião

Iris.fall: um plié nas sombras

Iris.fall é uma verdadeira maravilha gótica.

Análise, Touch Me!

Out of the Box (como ficar fora da caixa)… ou da discoteca

Out of the Box põe nas mãos de qualquer um o poder de deixar entrar alguém na mais popular discoteca das redondezas. Quem nunca…

Caça ao Indie

Histórias de princesas e dragões gatos

Os indies desta caçada falam de princesas fortes. E de gatos.

Caça ao Indie

You give Early Access a good name

Ainda há quem dê bom nome aos indie Early Access do Steam. 2084 e Chef: a Restaurant Tycoon Game são dois deles.

Chicken Nugget

Koloro e a simplicidade dos sonhos

Koloro é simples e minimalista, mas não é fácil.

Caça ao Indie

Bem-vindos ao futuro

Estamos em 2019. O futuro é agora. E é isso que nos provam os 3 indies deste artigo.

Caça ao Indie

A primeira do ano

A primeira caçada semanal de indies de 2019 traz-nos Coffence, Speed Brawl e My Brother Rabbit.