principal

Pais-Galinha, PopCorner

Zelda, a minha

No dia após o nascimento da sua filha, o João reflecte sobre os valores de feminismo e igualdade da cultura pop. E pergunta-se porque não o fez antes?

Hens of Pen and Paper

Criaturas que fazem campanhas

Uma das principais razões que levam alguns jogadores a explorar os mundos de Dungeons & Dragons e outros tabletop RPGs é a possibilidade de…

Opinião

Stories Untold – a negra ameaça do que ficou por contar

Stories Untold é como se Leisure Suit Larry abandonasse a sua abordagem leviana e divertida e se cruzasse com a inquietação e a loucura de H.P. Lovecraft.

Touch Me!

Vignettes: as muitas histórias em silêncio

Eis que das sombras do desconhecido surge o melhor jogo mobile que jogámos este ano: Vignettes.

Caça ao Índio

Frankly, Mr. Shifty

É involuntário. Desde os primeiros segundos de Mr. Shifty que tenho tralteado incessantemente a célebre música dos The Smiths, e receio que haja um…

Opinião

A verdadeira definição de poder

Muitos são os videojogos que prometem poder absoluto mas poucos são os que cumprem essa promessa. Eis alguns deles!

Opinião

Rubber e o seu episódio da mosca

Não preciso ter jogado muitos jogos para ter algo de interessante para dizer nem parar de escrever é prova do contrário. Por isso, hoje escrevo.

Caça ao Índio

Has-Been Heroes: de uma boa ideia à desilusão

O estúdio Frozenbyte regressa à temática de três heróis contra tudo como em Trine, com este Has-Been Heroes.

Rapaz-Ventoinha

Este mundo não é para coleccionadores

Yo-Kai Watch 2 vem cumprir o caminho de excelência do seu antecessor, mas continua a não se querer render aos jogadores-coleccionadores.

Hens of Pen and Paper

Um por todos e todos por um

Nada é capaz de afastar a vontade, a determinação e o espírito de união de um destemido grupo de aventureiros.