principal

Análise

Mega-cordas-ninja e referências a tudo em Double Cross

E TEM DINOSSAUROS MECANIZADOS, isso também é importante.

Análise

Unruly Heroes: a oeste do deslumbramento

Um sintoma de que 2019 vai ser um excelente ano para os videojogos (como aliás, têm sido os últimos 3) é que neste início…

Hens of Pen and Paper

A Inclusão de Romance e de Cenas Picantes em Jogos Narrativos

Há várias formas de dar um pouco mais de vida às nossas personagens, e a mais fácil de o fazer prende-se a dar-lhes não…

Momento Zen

As previsões para o Ano do Porco – Oinc Oinc!

O ano lunar do Porco começou dia 5 de Fevereiro. Oinc Oinc!

Opinião

WarGroove: o Sapateado Medieval perante a Música de Guerra

Já sabemos que este é um dos grandes jogos deste início de ano, mas que modos de jogo podemos encontrar em WarGroove?

Antevisão, Caça ao Indie

Bad Retromancer

O feitiço que Retromancer lançou foi inesperado mas o seu resultado é interessante.

Opinião

O Puzzle da árvore pinchona: um poema para Jumper Tree

Era uma vez uma bola Que saltava em qualquer direcção Mas não se podia mexer à tola Pois não era essa a solução.  …

Análise

When Ski Lifts Go Wrong: eis a pior estância de ski de sempre

When Ski Lifts Go Wrong, lançado originalmente em Early Access com o título Carried Away, chegou à Switch e ao PC, ainda que jogá-lo com rato e teclado seja a solução perfeita.

Hens of Pen and Paper

Active Shooter: existem jogos demasiado sérios?

Active Shooter é um jogo de Roleplay onde um dos personagens, um fortuito dia, decide levar uma arma para o Liceu e atirar sobre os colegas.

Análise

Bladed Fury: o engenho e a perfeição chinesas

Bladed Fury é um dos melhores jogos que jogámos em Janeiro, e uma prova (se é que ele era necessária) do tremendo talento das equipas indie da Ásia, em especial da China.