Shoot'em up

Caça ao Indie

À conquista do mundo

X-Morph: Defense e Dominari Tournament são dois indies que nos falam de como conquistar mundos. Como os Da Vinci também fizeram.

Caça ao Indie

E agora para algo nada (indie)ferente

Para um indie chamar a atenção sobre si tem que ser diferente. Completamente diferente.

Caça ao Indie

À caça com a Switch – parte I

A torrente de indies começa a transbordar na Nintendo Switch.

A Hora do Meh

It’s a Cruel, Cruel SumMEHr

O Verão pode ser bom, mau ou assim-assim. Os jogos também. Esta é a primeira parte das crónicas de jogos meh deste Verão.

Caça ao Indie

Blue Rider: Old School Shooter na PS4

Blue Rider é um shoot’em up argentino desenvolvido para a PS4 e o Steam, e qe traz um feel clássico para a modernidade.

Análise

Stellar Interface: os shoot’em ups falam português

Stellar Interface é um shoot’em up roguelike que não só fala português como dizem que até foi feito em Portugal.

Caça ao Indie

O sonho molhado de Bruce Willis

O que é que faria as delícias de Bruce Willis, o último escuteiro no assalto ao arranha-céus durante o Armageddon?

Gomu Gomu no Chicken

É só mais uma moedinha se faz favor

DoDonPachi Resurrection leva-nos de volta às arcadas e aos schmups, em que as moedinhas para o lanche eram consumidas por estas máquinas cruéis.

Análise

Madrobot X – Inferno a 99 cêntimos

Madrobot X é um jogo bastante desafiante e divertido, que deverá durar cerca de uma hora a completar.

Chicken Nugget

É um shoot’em up medieval com hidromel se faz favor

Gryphon Knight Epic é um shmup diferente: troca a nave de tecnologia de ponta por um grifo de penas esvoaçantes, chamado Aquila.