Switch

Análise, Caça ao Indie

Um passeio pelo jardim da memória

The Gardens Between é um jogo emocional e o melhor título deste ano do qual não irão ouvir falar.

Opinião

ANOTHER SIGHT: Kit através do espelho

ANOTHER SIGHT aborda a cegueira de pontos de vista distintos.

Opinião

Nintendo: o que está para chegar

Ontem vimos o Direct da Nintendo. Sabem quanto tempo foi dedicado a Super Smash?

Opinião

Não és bem a SNK que eu esperava

Alguém pediu um pouco de fan service para a mesa do fundo?

Caça ao Indie

Isso é uma cenoura ou estás ninja de me ver?

E se vos disséssemos que um jogo com ninjas antropomórficos com um dos enredos mais risíveis dos últimos tempos que envolve o roubo de cenouras foi um dos jogos que mais jogámos neste Verão?

Opinião

Tentar ser mais Nintendo que a própria

A quem tente bater outros no seu próprio jogo. Uns conseguem, outros falham redondamente.

Análise

Banner Saga 3: um digno adeus

Banner Saga 3 é o fim digno a uma excelente e viciante história que nos agarra pelos colarinhos com a força e a violência de um Varl a quem foi negada uma caneca de hidromel.

Caça ao Indie

O interruptor retro indie da Switch

Robbotto e Ultra Space Battle Brawl são apenas dois dos exclusivos indie retro recém-chegados à Switch.

Caça ao Indie

The Mooseman: a mais bela forma de contar uma lenda

The Mooseman é uma aventura 2D atmosférica e uma brilhante forma de contar o folclore de uma região do nosso planeta, num dos mais belos jogos indie deste ano.

Análise

Guacamelee 2: aroma a burrito pelo multiverso, ou uma galinha também lucha

Com muitos indie metroidvanias a chegarem ao mercado reitero o que disse a semana passada: Guacamelee 2 é verdadeiramente obrigatório.