Turn-based strategy

Análise

Banner Saga 3: um digno adeus

Banner Saga 3 é o fim digno a uma excelente e viciante história que nos agarra pelos colarinhos com a força e a violência de um Varl a quem foi negada uma caneca de hidromel.

Ide Jogar, É Grates!, Touch Me!

Romance of The Three Kingdoms: The Legend of Cao Cao

Não é de mim ser fã ávido de jogos de telemóvel pelo menos durante mais do que 1 semana. No entanto e como em…

Caça ao Indie

É um café cheio, em chávena quente, sem princípio nem fim, e 2 indies

Há pedidos nos cafés mais estranhos do que as ideias que March to Glory e Stormland trazem para o campo dos jogos de estratégia por turnos.

Antevisão, Caça ao Indie

Prismata: jogar às cartas e pensar no fim da Humanidade

Prismata é um interessante cruzamento entre card game e jogo de estratégia com recursos, construções e combate.

Análise

Dead in Vinland: esta vida de Viking está a dar cabo de mim

Dead in Vinland é uma melhoria demarcada para a série. No entanto, não é para todos.

Ia-me Esquecendo

Civilization VI

Com mais de um ano de atraso, um Ia-me esquecendo sobre Civilization VI.

Análise

Nantucket: um grande jogo navega marés silenciosas

Nantucket está interligado ao clássico literário Moby Dick, e soube transformar-se num dos melhores jogos deste início de ano.

Caça ao Indie

Antecipa-me, com a tua máquina de podar!

Early Access: 3 bons exemplos, ou como pedimos ao mercado indie para nos surpreender de vez em quando.

Opinião

TINY METAL, or no metal at all

TINY METAL ser o melhor Advance Wars que recebemos há mais de uma década pode mesmo ser tudo que realmente queremos.

Caça ao Indie

Depois do Dinastia vem o Bonanza

Sim, neste momento está toda a gente a traltear: tadaradantadaradantadaradantadaradantadaradantadaradantadaradan darandanda!