A última parte do nosso guia de sobrevivência ao fim do mundo. Hoje é dia de últimos preparativos, se não estiverem minimamente prontos é mau sinal. Aqui ficam mais alguns jogos que partilham informação útil nesta altura de Apocalipse. Leiam com atenção, como se a vossa vida dependesse disso. Ou não.

Não se esqueçam de consultar a primeira e a segunda parte do guia.

 

Katamary Forever

Neste jogo o fim do mundo é uma alegria. O rei cósmico ordena que se embrulhe o universo numa bola de entulho, por forma a ser criada uma estrela. Se isto acontecer na sexta-feira, até que não é nada mau, pois não? Lá no fundo, todos queremos ser estrelas. Mas existe um aspecto de Katamary que é de grande utilidade num mundo pós-apocalíptico desprovido de vida vegetal. Um dos Katamary tem a capacidade de absorver água, e de fazer brotar flores e arbustos quando rolado. Ter uma bola Katamary torna-se então em algo indispensável para a sobrevivência, e para criar um mundo novo. Mas onde arranjar uma coisa dessas? Enrolem uma folha de papel e comecem por aí, mas tomem cuidado para não apanhar animais de estimação pelo caminho. Só se a bola não estiver grande o suficiente.

katamari-forever

Jardinagem pós-apocaliptica.

 

Little Inferno

Um pequeno grande jogo que é em ele mesmo, uma lição acerca de como sobreviver ao Apocalipse. No caso do mundo ficar coberto de neve implacável, uma lareira muito especial pode salvar-nos da hipotermia, ou de ficarmos parecidos com um Calipo de morango. É importante Arranjar uma Little Inferno Entertainment Fireplace, especialmente se tiverem filhotes. Quando se aventurarem no exterior à procura de mantimentos, podem deixar os vossos pequenos a incendiarem objectos em casa, em total segurança. Não só se mantém quentes, como ainda se divertem a valer. Enquanto queimam os seus brinquedos favoritos podem imaginar o quão divertido seria brincar com eles. E todos sabemos que as crianças adoram brincar ao faz de conta.

Vamos queimar tudo!

Vamos queimar tudo!

 

Call of Cthulhu: Dark Corners of The Earth

No universo de H.P. Lovecraft a humanidade não tem salvação. Temos muita pena. Os Antigos Deuses e entidades supra-cósmicas provenientes de outras dimensões de tempo e espaço, pouco se preocupam com a pequenez da humanidade. Feitas as contas, caso sexta-feira marque o dia em que uma dessas criaturas indescritíveis acorda do seu sono, como o popular Cthulhu, pouco há a fazer senão nos entregarmos à loucura e ao desespero. Mas existe uma ténue esperança: usar uma antiga runa conhecida como Elder Sign, cujo poder místico parece proteger e afastar estas forças antigas. Também ajuda se conseguirmos selar a brecha cósmica por onde as aventesmas saíram, mas isso é outra história. Como prevenção, Protejam-se com um Elder Sign, ou três ou quatro. Se calhar é melhor arranjarem uma caixa deles, desenharem-no nas paredes do prédio e também na vossa testa. Os vizinhos vão chamar a polícia, mas vocês explicam tudo.

Cthulhu Fhtagn.

Cthulhu Fhtagn.

 

Tokyo Jungle

O que acontece aos animais depois do fim do mundo? Tokyo Jungle mostra-nos que a bicharada não demora muito a tomar conta do planeta Terra quando as coisas dão para o torto. Portugal tem vários Zoos e muitos dos animais são assim para o predador, o que complica as coisas um bocadinho se saírem cá para fora. A boa notícia é que, segundo este jogo, podemos Treinar os nossos animais de estimação para que se tornem máquinas assassinas, mesmo que sejam inicialmente inofensivos. Para além de se tornarem cada vez mais fortes, podemos ainda vesti-los com bonés, t-shirts e ténis por forma a ganharem atributos. Aprumem os vossos cães e gatos a rigor, porque irão ser fundamentais na vossa sobrevivência. Têm um caniche? Dêem-lhe tempo e vão ver que não tarda nada está a caçar dinossauros.

Tás a olhar pra onde?

Tás’ olhar pra onde?

 

Bad Mojo

Falando em animais, muitos de nós esquecemos que não somos o ser vivo melhor adaptado do planeta. Esses são provavelmente as bactérias. Mas as baratas também não se dão nada mal, tendo em conta que têm um acabamento anti-nuclear. Em Bad Mojo o protagonista é transformado em barata através de um objecto amaldiçoado, mas é algo complicado de conseguirem fazer em tão pouco tempo. Em todo o caso, podemos sempre Forrar a nossa casa a baratas, algo que não é difícil de conseguir. Basta levantarem uma tampa de esgoto em qualquer parte da cidade e vão ter uma bela surpresa. Apanhem as que puderem e levem-nas para vossa casa, libertando-as de seguida. Quanto mais melhor. Porque quando isto explodir tudo, vocês estarão em segurança mergulhados em baratas, que até podem servir de petisco. Protecção e nutrição, é o meu lema.

Bad Nojo.

Bad Nojo.

 

Journey

Caminhar por um mundo solitário a caminho de uma montanha no horizonte longínquo. O mundo de Journey é de solidão, comparável a um fim de mundo, onde a civilização não existe mais, e onde procuramos desesperadamente alguém com quem partilhar a nossa existência. Mas é a montanha que nos trás aqui, e o seu paralelismo com o único local da terra onde supostamente estaremos seguros contra o Apocalipse. A vila de Bugarach, situada no sul de França será, segundo a lenda, o único local que sobreviverá ao fim do mundo. Situa-se no sopé de uma montanha singular, o Pico de Bugarach, rico em profecias e histórias. Muitos acreditam que nas suas cavernas se encontram OVNIS e que a própria montanha contém em si um parqueamento de naves espaciais. Seja como for, a vila encontra-se neste momento sobre-lotada de gente que quer fugir ao fim do mundo, ou que pretende apenas tirar fotografias para meter no Instagram e mandar tweets. Journey é profético, porque nos impele claramente a Viajar até Bugarach. A poucas horas do fim, é melhor fazerem-se à estrada. Mas levem trocos, porque nunca se sabe se o estacionamento não têm parquímetro. Ou então Via Verde.

Eles andem aí.

Eles andem aí.

 

Com tanta informação que os jogos nós oferecem, não há razão para que ninguém sobreviva ao 21 de Dezembro de 2012. Na redacção do Rubber Chicken já temos quase tudo pronto, mas há sempre espaço para preparativos de última hora. Por isso se souberem de jogos apocalipticos com dicas de sobrevivência, partilhem nos comentários.

Vemo-nos do outro lado!