Whoo hoo!

Tenho a certeza que toda a gente fez whoo-hoo quando leu o título, pode ter sido um whoo-hoo mental apenas, mas fê-lo, é inconsciente como o proverbial reflexo Pavloviano.

Image result for ducktales game boy width=

A Disney fez uma nova série de Ducktales, ainda indisponível em Portugal tanto no seu canal “aberto” como no XD, mas as críticas gerais a este remake têm sido muito positivas. A saudade de tempos mais leves e menos adultos fez-me ir buscar ao fundo do baú um dos melhores platformers de uma das maiores franquias mundiais, quando esta ainda fazia grandes platformers, especialmente porque não posso ver a série a não ser que recorra a meios menos lícitos.

Ducktales, tanto na NES como no GB, que era a versão que tinha, a outra jogava na cópia de um amigo, era um dos 4 jogos baseados em alguns dos melhores desenhos animados dessa altura, a já mencionada série, Darkwing Duck sobre o qual o Ricardo já escreveu, Talespin e Chip ’n Dale Rescue Rangers. Todas elas eventualmente preencheram as tardes do Clube dos Amigos Disney aos domingos e o seus jogos usavam a mesma fórmula apenas com personagens e cenários diferentes, nós só tínhamos que escolher o nosso favorito e jogar, ou se fossemos privilegiados o suficiente, ter mais que um!

Image result for ducktales game boy

Podia fazer um artigo baseado num dos “passatempos favoritos” do nosso editor-chefe que é Capcom Bashing, uma espécie de relação amor-ódio que ele tem com a produtora. Uma empresa que tem um desdém incrível pelas suas propriedades, algumas de alto nível, e perdem vários pontos na consideração dos jogadores em geral. César que dormiu na coroa de louros. Coroa essa preenchida por estes jogos, entre outros.

Muito antes de nos darem bastantes razões para os criticar, a Capcom, mais especificamente a equipa de Mega Man 5 criou Ducktales que é ainda um dos meus platformers de aventura favoritos, não é só na animação que Scrooge McDuck e família sempre tiveram um lugar especial no meu coração. Aqui ele tem que viajar por vários locais para recolher tesouros suficientes e tornar-se mais rico que o seu rival Flintheart Glomgold e também Magica De Spell ou Maga Patológica como a conhecemos das edições Luso-Brasileiras com que crescemos. Anos mais tarde descobri ao jogar a versão remastered que tinha vários finais, dependendo da nossa prestação durante o jogo, olhando agora em retrospectiva foi provavelmente dos primeiros jogos em que encontrei isso, mesmo sem o saber… Tal como a série está a ser refeita, pode ser que venham novas incursões das outras, e que jogos novos de qualidade (não remasterizações) sejam feitas com a mesma qualidade, sob a chancela da Capcom ou não.

Image result for ducktales game boy

Ducktales foi daqueles jogos que acima de tudo me fazem dar valor a quando uma licença é bem aproveitada como deve ser para um jogo, é mais raro que gostaríamos de admitir. Até ver a série nova vou voltar a jogar para matar saudades, especialmente agora que sei que não só David Tennant é a voz do altamente escocês McDuck como se vai juntar com Catherine Tate que será a voz de Magica De Spell numa reunião da minha temporada favorita de Doctor Who. Apesar de estarem em lados opostos desta vez.