Caçada Semanal #206

Já repararam que já é Outono? Já repararam que o tempo passa mesmo a correr e que daqui a uns dias já estamos em Outubro? Se forem como eu estas informações chegaram todas agora e de rompante. 

Aproveitamos a chegada da nova estação para falar de 3 indies que vos podem fazer companhia à medida que o tempo lá fora vai piorando.

Summer Catchers [PC]

Falando de estações do ano: Summer Catchers conta-nos a história de Chu, uma rapariga que vive no Norte repleto de neve e que sonha encontrar a terra onde existe o Verão. O que, com as alterações climáticas, é coisa para ser difícil de descobrir.

Summer Catchers é um endless runner que feliz ou infelizmente me lembra automaticamente de um dos melhores do género: Alto’s Adventure. E o problema disto é qual? É que pelo meio da excelente e cândida direcção de arte em pixel art, com diálogos interessantes e personagens memoráveis, Summer Catchers adiciona alguns elementos (para mim) negativos ao desafio inerente ao próprio género.

Antes de nos fazermos à pista à la Alto’s Adventure, temos de comprar uma série de consumíveis que nos permitam ultrapassar os perigos que surgem pelo caminho. O problema disto? Para além da ideia de ter de comprar consumíveis para percursos que são proceduralmente gerados? É que somando isso ao desafio e à necessidade de acertar no timing certo, Summer Catchers acaba por ser injusta e excessivamente frustrante. Um jogo que seria muito melhor se os consumíveis fossem retirados da equação, já que nos obriga a um misto estranho de grind com incapacidade de progressão por falta de destreza e que nos obriga a trabalhar por consumíveis que podemos até não precisar porque a aleatoriedade do nível assim o dita…

É uma pena que um jogo visualmente tão delicioso quanto este e à venda por 9,99€ no Steam acabe por ter muitos dos seus pontos positivos derreados por esta estranha decisão de game design que pouco mais faz que alargar artificialmente a sua longevidade.

EMMA: Lost in Memories [iOS, Android e PC]

Se há algo que a democratização do Unity trouxe foi a multiplicação do número de puzzle platformers a saírem para o mercado. A facilidade com que quase qualquer pessoa consegue montar e desenvolver um puzzle platformer mediano e pô-lo à venda é assustador. Basta ver a quantidade de clones desenxabidos de Limbo que por aí andam.

EMMA: Lost in Memories poderia ser um desses casos. O pequeno indie desenvolvido pelo estúdio espanhol SandBloom Studio traz uma ideia que não sendo nova, acaba por ser o fundamento de todo o jogo, criando uma narrativa interessante interligada com as mecânicas.

EMMA: Lost in Memories lida com a ideia de perda de memória de uma forma interessante: tudo o que a protagonista toca acaba por desvanecer, criando sequências difíceis de platforming, já que cada plataforma em que tocamos acaba por desaparecer. São 140 níveis para jogar por 4,99€ no Steam. Mesmo com uma direcção de arte que roça um ligeiro amadorismo, o desafio e o level design de EMMA: Lost in Memories fazem dele uma boa aposta para aqueles que têm saudades de um Super Meat Boy.

Robbie Swifthand and the Orb of Mysteries [PC, PS4, Switch]

Continuando na tónica de jogos de plataformas duros de roer temos Robbie Swifthand and the Orb of Mysteries, um expressivo e desafiante hardcore platformer que nos coloca na pele de um ladrão de tesouros que encontrou uma tumba abandonada e repleta de originalidade. Ou nem por isso.

Se à primeira vista ao lerem a descrição de Robbie Swifthand and the Orb of Mysteries se lembram de Spelunky, não se admirem, ainda que este seja, para todos os efeitos, um jogo muito melhor que Robbie Swifthand

Para o protagonista (e para nós) cabe-nos a missão de percorrer 90 níveis à procura de três gemas que possam aprisionar o demónio que habita a tumba para sempre. É claro que o que Robbie quer são apenas os tesouros que por ali andam, o que se pode perceber pelas expressões que o personagem vai fazendo pelos níveis. Cada vez que derrotamos um boss recebemos novos poderes que nos vão permitir encontrar novos desafios, sendo que muitos deles são igualmente duros de roer. 

Visualmente interessante e à venda por 12,99€ no Steam e na Switch, Robbie Swifthand and the Orb of Mysteries é um bom hardcore platformer para os fãs do género.