Monster Energy Supercross 3 é o mais recente lançamento da Milestone.  Para os fãs do maior campeonato do mundo de Supercross este jogo oficial é, na minha opinião, um bem essencial. O jogo tem vindo a sofrer um polimento desde o primeiro lançamento em 2018 e, nesta ultima edição, são muitas as boas novidades.

A grande novidade nesta versão de 2020 tem de ser a possibilidade do jogador se juntar a uma das equipas oficiais. Para isso, no modo carreira, começamos a época com uma corrida numa das pistas dos construtores com outros pilotos amadores. Em seguida, mediante a nossa classificação recebemos 2 propostas de construtores oficiais e 2 propostas de patrocínio, podendo apenas escolher uma destas. Quando escolhemos integrar uma das equipas dos construtores podemos com os bons resultados desbloquear os kits e as motas destes para utilizar no modo Single Player ou Online.

Monster Energy Supercross 3: Escolhe a tua equipa!

Outra boa novidade no Monster Energy Supercross 3 é o facto de que agora na Compound termos várias pistas dos construtores oficiais. Temos também uma grande pista de Motocross, que é uma novidade neste jogo dedicado ao Supercross. A possibilidade de podermos andar livremente neste modo é também uma estreia. E uma boa estreia, pois traz a possibilidade de experimentar coisas novas e diferentes com total liberdade.

O jogo conta com a temporada atual Monster Energy Supercross. São 100 pilotos das categorias 450SX e 250SX, 15 estádios e pistas oficiais. Com muita pena para o seus fãs, Ken Roczen, da Honda, é único piloto em falta. O alemão é um dos candidatos ao título na categoria 450SX e um dos favoritos dos fãs.

Como já acontecia nos jogos anteriores, para competir com os favoritos na categoria 450SX, temos primeiro de vencer na 250SX. Na minha opinião esta é um boa característica, pois dá-nos a possibilidade de nos habituarmos ao jogo antes de pilotarmos as potentes motas 450.

Em relação aos gráficos e à jogabilidade, para mim esta série oficial da Milestone sempre foi a melhor em jogos de motas. Neste terceiro jogo da saga temos uma imagem cada vez mais aproximada da realidade. Eu jogo em PC em Ultra a 1440P e é realmente um jogo incrível e muito fiel à realidade. Houve também algumas alterações ao nível da física de condução. Agora é mais complicado controlar a posição da mota no ar, sendo a trajetória da mota depois da saída do salto mais difícil de ajustar. Continua a ser um jogo e não um simulador. Apesar de ser uma réplica muito fiel. Ainda conseguimos fazer coisas impossíveis, e ainda bem que assim é, pois isto torna o jogo bastante divertido.

Resumindo, este é sem duvida um jogo que recomendo. Sejas um aficionado do Supercross, um louco por motas ou apenas um jogador casual, vais certamente te divertir muito com este jogo. Um jogo bonito, oficial, com uma excelente jogabilidade e com um viciante modo de carreira. O jogo tem um preço de 50€. Tenho muita curiosidade para testar este jogo na Nintendo Switch, até lá vou sem dúvida vencer muitas corridas e continuar a minha carreira até ao derradeiro pódio.