Category - Crítica

Lords of Exile: alguém perdeu este cartucho de Famiclone?

Análise

Lords of Exile é uma agradável surpresa nostálgica, com tanta qualidade que mesmo acabado de lançar, temos já a certeza que sucederá no teste do tempo.

Tekken 8: o regresso do Rei do Torneio do Punho de Ferro

Análise

Tekken 8 assume-se como o auge de toda a série e como o padrão dos jogos de luta verdadeiramente tridimensionais.

Spirit of the North: Está a circular, está a circular!

Caça ao Indie, Crítica

Spirit of the North deve ter um significado profundo, mas foi profundo demais para o conseguir perceber.

Suicide Squad: Kill the Justice League, DC as a service

Análise

Há muito que esta produção tem vindo a estar rodeada de polémicas e a razão é o modelo Game as a Service.

Palworld: copia tudo quanto puderes!

Caça ao Indie, Crítica

Apesar de parecer copiar um batalhão de jogos, Palworld apresenta-se como um produto muito original.

Bandle Tale: A League of Legends Story – o triste, mas colorido, ponto final

Análise

Bandle Tale: A League of Legends Story é o ponto final de uma chancela que tinha um mundo para explorar e para nos dar.

Footgun: Underground – FIFA Street Roguelike

Antevisão, Caça ao Indie

Footgun: Underground não é Nike: The Mission, mas podia ser.

Disney Illusion Island, um metroidvania para quem quer entrar no género

Crítica

Quatro amigos da Disney numa aventura metroidvania; boa para quem for estreante, satisfaz o suficiente para quem já tem calos nas mãos de jogar títulos deste género.

Detective Pikachu Returns pode não ter vindo na altura certa

Crítica

Detective Pikachu Returns até é um jogo divertido, mas num ano com tanta coisa boa vai acabar escondido nos escaparates.

Prince of Persia: The Lost Crown é a primeira gema de 2024

Análise

Este é o Prince of Persia que sempre desejei.