Rubricas

Caça ao Indie

Vamos simular… por aí

Os simuladores existem em todas as formas e feitios, têm no mercado AA mas especialmente no mercado indie algumas das suas propostas mais… tresloucadas.

Caça ao Indie

Ideias que só acontecem em jogos indie

Os 3 jogos desta semana só poderiam mesmo ser jogos independentes. E ainda bem.

Análise, Ia-me Esquecendo

Yes, Your Grace não fez o clique que faltava à nossa relação

Yes, Your Grace não é tudo o que esperava, mas há muito para gostar neste jogo.

Caça ao Indie

Toda a gente foi lutar Kung Fu

Os dois indies de hoje, coincidentemente, são sobre Kung Fu.

Caça ao Indie

Apontar é feio, ensinou-me um britânico

Os dois jogos desta semana são aventuras point and click, por entre as tantas que o mercado nos oferece hoje em dia.

Caça ao Indie

À procura de desilusões

Os três jogos desta semana são mesmo desilusões, daqueles títulos que poderiam ser bem melhores do que são.

Análise, Caça ao Indie

Black Skylands venceu-me pelo cansaço

Black Skylands tem imensa coisa boa, mas o que definitivamente não tem de bom é o aborrecimento que nos obriga a passar até chegarmos a esse sumo.

Caça ao Indie

O drama da minha vida versus a do meu gato

Os dois jogos desta caçada lembram-me quanto me tive e tenho de esforçar pela minha vida humana e nem sempre tudo corre bem, em oposição ao meu gato.

Caça ao Indie

A mão invisível do sei lá o quê

Os 3 indies deste artigo abordam perspectivas políticas e sociais diferentes, por muito subtis que sejam.

Caça ao Indie

Um quebra-cabeças chamado amor

LOVE – A Puzzle Box Filled with Stories tenta encapsular a rede intrincada de relações amorosas num sistema de puzzles.