Rubricas

Touch Me!

Simulacra 2: Inception de Smartphone

Simulacra 2, o mistério mais recente da Kaigan Games que vale a pena meter no smartphone.

Ia-me Esquecendo

Andar com Pillars of Eternity no bolso: uma fábula da Nintendo Switch

Pillars of Eternity é nostalgia dos clássicos RPG modernizada.

Chicken Retro, Perdidos no Tempo

Rituais de Natal: Ninja Gaiden um jogo de Natal

Todos têm uma ou outra história de Natal, mesmo celebrando-o ou não, mas as coisa boas ficam para sempre no nosso coração. A nostalgia pode-nos puxar para um sentido do niilismo dependendo ou não da maré emocional.

Chicken Retro

Harry Potter, GameBoy Color e uma rabanada

Dia 25 cheira-me que é altura de pegar numa rabanada, tirar o pó ao GameBoy e re-entrar no conforto da infância.

A Hora do Meh

A Hora do Meh: já lá vão Trinta, cara… ças!

Quatro anos depois da primeira A Hora do Meh, a trigésima edição fecha o ano com 3 dos jogos mais meh deste final de 2019.

Caça ao Indie

Yaga: quando Boruta ocupava o espaço do Diabo

É o humor e a auto-consciência de Yaga aliados ao folclore eslavo que fazem dele um action RPG completamente diferente de todos os outros.

Chicken Fashion, Notícia

O Regresso da moda dos videojogos com a Riot

Há quanto tempo não era publicado aqui um artigo sobre moda? Tal como as calças de boca de sino estava na altura de um regresso e tal como outras notícias nas últimas semanas, envolve a Riot.

Caça ao Indie

Roguelikes à Zé do Pipo

Os roguelikes vivem hoje uma notoriedade que os torna quase ubíquos. No caso da gastronomia portuguesa, são um pouco como o bacalhau: há mil e uma formas de os cozinhar.

Caça ao Indie

O mundo nos ombros de jovens heroínas

Não percebo o azedume que meio mundo tem com Greta Thunberg. Mas os dois indies que nos calharam nas mãos esta semana têm como protagonistas duas jovens que à sua maneira são as heroínas dos seus mundos.

A Hora do Meh

Dark Devotion: um Mehtroidvania com mania que é outra coisa

Dark Devotion promete ser algumas coisas que não é. Acaba por ser só meh!