Artigos de Ricardo Correia

A Galinha dos Ovos de Ouro

[VENCEDOR] A GALINHA DOS OVOS DE OURO #09

Os 3 jogos indie do nono cesto de ovos da nossa galinha dourada já tem dono.

Caça ao Indie

Terrorarium: alguém pediu um Pikmin de vão-de-escada?

Comparar Terrorarium a um mockbuster de Pikmin pode não ser muito justo, mas infelizmente, há pouco interesse nele para além disso.

Caça ao Indie

O trágico amor de Jack e Jill

Rohan Narang, o criador de Jack ‘N Jill DX é um deus cruel.

Opinião

Aderi ao PlayStation Now. E agora?

O PlayStation Now chegou finalmente a Portugal. Depois de tantos anos de espera, será ele uma boa aposta?

Opinião

Depois de mais uma tragédia, os videojogos continuam a ser o bode-expiatório

Depois de mais um school shooting, desta vez no Brasil, os videojogos voltaram a ser justificação para uma tragédia similar.

A Galinha dos Ovos de Ouro

[PASSATEMPO] A GALINHA DOS OVOS DE OURO #09

Neste segundo passatempo do ano aproveitamos para trazer 3 jogos dos quais somos grandes admiradores. Drakensang: The River of Time, Monaco: What is yours is Mine e Luminoso.

Análise

Ape Out: Hotline Bananas

Ape Out, pela violência e abordagem conceptual e estética acaba por encaixar-se nesse segmento de títulos quase naturais da Devolver.

Análise

Trüberbrook: a excelência no set de um filme de animação

Trüberbrook é obrigatório para todos os fãs de point ‘n clicks e é indubitavelmente um dos melhores jogos deste início de ano.

Análise

Bannermen: Kramer contra Kramer dos RTS

Na realidade o grande problema é mesmo o facto de Bannermen não estar apenas a seguir as linhas orientadoras do género, mas de se encerrar dentro delas com uma espécie de mínimos olímpicos.

Análise

Jump Force: quando a união faz a fraqueza

Um crossover com as suas maiores franquias não é novidade, mas foi a especial atenção que Jump Force teve quando teve a sua revelação no palco da E3 2018 que o tornou especialmente ansiado por jogadores por todo o globo.