Artigos de Ricardo Correia

Análise

WarGroove: de Fire Emblem a Advance Wars numa só viagem

Wargroove é uma maravilhosa carta de amor à Intelligent Systems obrigatório não só para os fãs do estúdio, mas também de turn-based tactical RPGs.

Análise

Jon Shafer’s At the Gates: como reinventar os 4X depois de Civ V

Jon Shafer foi o designer principal do aclamado Civilization V. Regressa agora em nome próprio para reinventar os 4X.

Análise

Aftercharge: descarga assimétrica de boas ideias

Desde a primeira partida que sentimos que um dos grandes méritos de Aftercharge é o equilíbrio mecânico dentro da sua assimetria.

Análise

REHTONA: bem-vindos ao Upside Down

Enganadoramente simpático com a sua pixel art colorida e detalhada, REHTONA é um dos melhores e mais difíceis 2D puzzle platformers que já jogámos.

Análise, Caça ao Indie

Um rhythm game para Paulo Portas

Sonar Beat é um rhythm game que nos vai relembrar o nosso antigo Vice-Primeiro-Ministro.

Análise, Caça ao Indie

FutureGrind: as corridas de motas impraticáveis de amanhã

Um desporto do futuro com motas de rodas coloridas verticais e rotativas e que rapidamente levam os seus pilotos à morte.

Notícia

Documentário da história da CD Projekt: da pirataria ao panteão dos videojogos

Em Dezembro de 2018 o Rui Parreira fez um documentário sobre a história da CD Projekt, empresa que começou na pirataria e é hoje uma das mais respeitadas criadoras de jogos.

Análise, Caça ao Indie

Pikuniku: a necessária dose de absurdo nos nossos dias

Falta mais absurdo na nossa vida. O tom sério de todas as coisas que se passam à nossa volta parece que se reflecte na…

Opinião

The Walking Dead: poderá o melhor residir no fim?

The Walking Dead: The Final Season eleva o patamar de qualidade da série para onde ela apenas esteve na sua primeira temporada. Poderá o cair do pano superar a própria série?

Análise, Caça ao Indie

Quão sexy consegue um pixel ser?

A série que nos deixou a todos a suspirar para pixeis num ecrã está de volta: Leisure Suit Larry voltou numa nova aventura para nos fazer esquecer os maus jogos da década passada.