Caça ao Indie

Terrorarium: alguém pediu um Pikmin de vão-de-escada?

Comparar Terrorarium a um mockbuster de Pikmin pode não ser muito justo, mas infelizmente, há pouco interesse nele para além disso.

Análise

Tannenberg e o regresso à Primeira Grande Guerra. Outra vez.

A Primeira Guerra Mundial é uma coisa estranha. Por um lado, é, provavelmente, o evento mais marcante da história da Humanidade. Por outro, é…

Caça ao Indie

O trágico amor de Jack e Jill

Rohan Narang, o criador de Jack ‘N Jill DX é um deus cruel.

Momento Zen, Pais-Galinha

Sou Pai! – O Jogo

Hoje é Dia do Pai, decidimos analisar um jogo com uma temática a propósito e não é o “Shower with your dad”!

Opinião

Aderi ao PlayStation Now. E agora?

O PlayStation Now chegou finalmente a Portugal. Depois de tantos anos de espera, será ele uma boa aposta?

Opinião

Depois de mais uma tragédia, os videojogos continuam a ser o bode-expiatório

Depois de mais um school shooting, desta vez no Brasil, os videojogos voltaram a ser justificação para uma tragédia similar.

A Hora do Meh, Chicken Nugget

Heroes of Delum: mais Heroes of Del-Meh-Um

Um tower of defense mais Meh que outra coisa qualquer.

Opinião, Pais-Galinha

Trivialidades dos novos tempos: as novas ambições

O que devemos pensar das novas áreas vocacionais? E onde devem as famílias procurar mais informação?

A Galinha dos Ovos de Ouro

[PASSATEMPO] A GALINHA DOS OVOS DE OURO #09

Neste segundo passatempo do ano aproveitamos para trazer 3 jogos dos quais somos grandes admiradores. Drakensang: The River of Time, Monaco: What is yours is Mine e Luminoso.

Análise

Ape Out: Hotline Bananas

Ape Out, pela violência e abordagem conceptual e estética acaba por encaixar-se nesse segmento de títulos quase naturais da Devolver.