Dream Hotel Master: caiu-me uma app na minha sopa de Steam

Dream Hotel Master: caiu-me uma app na minha sopa de Steam

Caça ao Indie

Um jogo disponível por menos do que um café numa estação de serviço: 1,99€, e que ainda assim, talvez seja caro.

Electrician Simulator: Em Busca dos Pólos Perdidos

Análise, Caça ao Indie

Se eu tivesse idade para usar pronomes, estes seriam Ele, Eles. Mas para qualquer macho tóxico, eu seria Ela, Elas. Esses seres “fortes”, “confiantes”, “conhecedores”, que na realidade são “emocionalmente fracos”, “inseguros perante o desconhecido” e “ignorantes por…

ENDER MAGNOLIA Bloom in the Mist: o regresso melancólico da genialidade

Caça ao Indie

ENDER MAGNOLIA Bloom in the Mist tem todos os ingredientes para responder às expectativas dos fãs de metroidvanias.

Cat Quest III: piratas gatinhos, pala no olho, bigodes e pata de pau, ou os Piratas das Gataraíbas

Caça ao Indie

Cat Quest III é daqueles títulos que me deixou ansioso por jogar o jogo inteiro para além da demo disponível.

The Fate of Baldr: quando um jogo nos dá vontade de jogar outra coisa

Caça ao Indie

É muito mau sinal quando estamos a fazer uma actividade qualquer e só o contacto que temos com elas nos remete de imediato para a memória de algo semelhante, mas muito melhor. Uma comparação pouco abonatória e que…

Fabledom mudou mas manteve-se igual

Caça ao Indie

Depois de um ano em Acesso Antecipado eis que é lançada a versão final de Fabledom. O que mudou?

Hive Jump 2: Survivors – eles comem tudo, Samus, e não deixam nada

Caça ao Indie

Embora em Early Access, Hive Jump 2: Survivors apresenta-se como uma boa alternativa para os fãs de Vampire Survivors.

“Play it, Sam” ou como a música dos videojogos são um marco

Opinião

Música, videojogos, emoções, uma combinação única e que pode desbloquear mais barreiras daquelas que alguma vez pensámos

O Albergue dos Silêncios #42

O Albergue dos Silêncios

Combates por turnos, três propostas a chegar este ano.

Lesson Learned: Cult of the Elizabeth: Don’t Starve Tower Defense da Wish

Caça ao Indie

Se não fosse a sua direcção de arte demasiado inspirada em Don’t Starve, nenhuns argumentos teria para se evidenciar num mercado amplamente saturado.