action RPG

Análise

Scarlet Nexus: perigosos jogos mentais

A análise a Scarlet Nexus, um dos melhores action RPGs do ano que nos chega pela mão da Bandai Namco.

Caça ao Indie

Pecaminosa: a Pixel Noir Rant

Pecaminosa – A Pixel Noir Game é um jogo que segui durante imenso tempo, tendo esse tempo criado expectativas irrealistas sobre o que deveria esperar.

Caça ao Indie

Histórias de outras Civilizações

Os 3 indies de hoje falam de civilizações diferentes das que estamos habituados a ver representadas, umas reais, outra ficcional.

Análise

Minecraft Dungeons: Hidden Depths. Este jogo não pára de crescer…

Minecraft Dungeons não pára de crescer, não só com os DLC, aqui Hidden Depths, mas todo o jogo vai tendo coisas novas adicionadas sempre que volto.

Análise

Days Gone e o meu amor aos Indie

Jogando Days Gone percebi o quanto eu gosto de Indies. Sabe muito bem jogar um jogo mais elaborado, mas a meio já só queremos voltar para casa.

Análise

Judgment e o detectivismo que não detectiva

Judgment é um jogo de detectives no universo Yakuza. A história é tão cativante e o gameplay tão fluido que fiquei imediatamente fã.

Análise

Mortal Shell: dark indie souls de qualidade

Mortal Shell é uma das melhores propostas indie para quem gosta do género Souls, considerando que é bem mais curto e mais limitado.

Caça ao Indie

Muitas horas de aventuras

Nota: isto não é um artigo sobre Adventure Time. Não tínhamos era como ilustrar uma caçada indie só com jogos de aventura.

Caça ao Indie

Duas na ferradura e uma no cravo, ou lá o que é

Os 3 indies desta caçada têm níveis de interesse diferentes: onde 2 quase acertam, há 1 que fica no centro do alvo.

Análise

Minecraft Dungeons: dungeon crawling para toda a família

Minecraft Dungeons é um jogo divertido, uma versão muito light de Dungeon Crawler, considerando o público-alvo.