Adventure game

Caça ao Indie

O mundo nos ombros de jovens heroínas

Não percebo o azedume que meio mundo tem com Greta Thunberg. Mas os dois indies que nos calharam nas mãos esta semana têm como protagonistas duas jovens que à sua maneira são as heroínas dos seus mundos.

Análise

Star Wars Jedi: Fallen Order – o longo caminho da redenção

Fallen Order é a prova de que existem bons estúdios preparados para investir em histórias alternativas, e suficientemente canónicas para agradar os fãs.

Análise

Luigi’s Mansion 3: I ain’t afraid of no ghosts!

Luigi’s Mansion 3 é muito divertido, continua a ser um jogo original, ainda que seja muito familiar em relação aos anteriores, e tem uma longevidade interessante, suportada pela componente multijogador.

Caça ao Indie

Terrorarium: alguém pediu um Pikmin de vão-de-escada?

Comparar Terrorarium a um mockbuster de Pikmin pode não ser muito justo, mas infelizmente, há pouco interesse nele para além disso.

Análise

The LEGO Movie 2 Videogame: o pior de 2 mundos

Com um enredo tão interessante no filme, é uma pena que The LEGO Movie 2 Videogame não tivesse o tempo, a criatividade ou o engenho de ser algo mais que uma skin banal de Lego Worlds.

Análise, Caça ao Indie

Pikuniku: a necessária dose de absurdo nos nossos dias

Falta mais absurdo na nossa vida. O tom sério de todas as coisas que se passam à nossa volta parece que se reflecte na…

Opinião

The Walking Dead: poderá o melhor residir no fim?

The Walking Dead: The Final Season eleva o patamar de qualidade da série para onde ela apenas esteve na sua primeira temporada. Poderá o cair do pano superar a própria série?

Antevisão, Caça ao Indie

TerraTech: eu sou um cubo e tu morreste

TerraTech é um sandbox construction/adventure game em que encarnamos um cubo consciente que serve de núcleo de um veículo modular.

Caça ao Indie

Pixel art over 9000! (E para maiores de 18)

The Long Reach, The Thin Silence e STAY são 3 indies de aventura adultos contados por alguns dos melhores exemplos de pixel art da actualidade.

Análise, Caça ao Indie

Distortions: o mau género de bizarro

Imaginar algo e chegar até lá são coisas bem diferentes. Com todo o potencial perdido e terrível execução, Distortions é um dos candidatos a pior do ano.