First Person

Análise

Rage 2: sem razão para fúria ou entusiasmo

Rage 2 foi anunciado numa E3 e caiu no esquecimento de muitos. Destino que lhe estará reservado depois do lançamento.

Análise

Close to the Sun: onde Ícaro queimou as botas(?)

Close to the Sun é um bom jogo narrativo onde toda a gente cola a direcção artística Art Déco a BioShock, tanto que os próprios criadores tiveram que lembrar que não existem semelhanças entre eles para além da visual.

Caça ao Indie

Vou-te ensinar a contar uma história para te gelar o sangue

Há muitos indies na primeira pessoa investidos em deixarem-nos colados à cadeira, seja pelo “suave” thriller ou por um ambiente de verdadeiro terror psicológico.

A Hora do Meh

Dragões e Mehsmorras

O filme de Dungeons and Dragons ainda hoje nos causa pesadelos. Por outro lado há jogos que são tão inócuos que nem isso fazem.

Análise

Arkaia, The Enigmatic Isle – se lerem este título até ao fim…

… provavelmente passaram mais tempo a fazê-lo do que a chegar ao fim do jogo Lançado há pouco mais de um mês pelos estreantes Painted…

Opinião

O primeiro jogo português para PSVR já chegou

Syndrome em PSVR não vai fazer crescer a quota de mercado do jogo por si só, mas tem uma importância cabal para o mercado game dev português como um todo.

Opinião

Conarium e o vértice da loucura lovecraftiana

É a excelente união entre ambiente e narrativa, entre loucura e mistério que fazem de Conarium verdadeiramente lovecraftiano.

Opinião

The Town of Light

The Town of Light é duro porque é real.

Gomu Gomu no Chicken

Operation Babel: New Tokyo Legacy

Operation Babel: New Tokyo Legacy é uma boa aposta num interessante dungeon crawler, se as componentes mecânicas e de desafio forem as nossas únicas preocupações.

Caça ao Indie

Caçada Semanal #56: Seguindo o trilho de 2016

Ainda é muito cedo de 2017 para caminharmos num novo trilho. Por enquanto damos os últimos passos indies de 2016.