fps

Caça ao Indie

Noite silenciosa, noite mortal

Parece que vamos falar da série de filmes de terror Silent Night, Deadly Night, mas não vamos. Vamos sim, falar de Midnight Sanctuary, HYPERGUN e The Maestros.

Análise

Insurgency: Sandstorm – da areia, surge um jogão

Gosto de shooters. Um bom shooter, ou um bom FPS, como preferirem, é coisa que vou procurando, quanto mais não seja para me ir…

Opinião

Battlefield V – das Profundezas da Guerra

Esta semana no Observador, testámos Battlefield V.

Análise, Observador

Ainda há espaço para mais um Call of Duty?

Call of Duty é uma das séries de maior sucesso comercial do mercado de videojogos. Mas com uma rotina anual de lançamentos, será que um novo título é uma boa aposta?

Opinião

Ai Destiny 2! Ai Destiny 2! O jogo, as expansões e o futuro

Destiny 2 é a segunda entrada deste IP, o grande sucesso que teve na sua primeira encarnação nas consolas levou a Activision a pensar…

Opinião

Blackwake: para marinheiros em terra-seca

Blackwake é um simulador de batalhas navais competitivo e colaborativo. Em cada cenário os 54 jogadores são divididos em 2 facções. Três tripulações serão…

Caça ao Indie

MOTHERGUNSHIP: o Buffet de Saladas das armas de assalto

Mais do que um banal roguelike FPS, MOTHERGUNSHIP é um jogo que nos permite criar armas irrealistas que nunca esqueceremos.

Caça ao Indie

999 Balões Vermelhos

Sky Noon, NITE Team 4 e 999 são os 3 indies que temos para fechar a semana.

A Hora do Meh

Alvejado com tiros de mehtralhadora

Coisas que chateiam: jogos como Murderous Pursuits e Sniper Rust VR poderem ser bons e afinal serem meh.

Caça ao Indie

Venham brincar comigo

Venham brincar comigo, dizem os jogos indie na primeira pessoa Downward Spiral: Horus Station, PLAY WITH ME e OVERLOAD. E nós brincamos.