PS5

Análise

Far Cry 6: de Revolução e da exaustão

Far Cry 6 não é um mau jogo, mas é mais um Far Cry com ideias esgotadas no que diz respeito a formato de história, exploração e atividades.

Opinião

Este artigo não foi escrito por Hideo Kojima

Aquando do seu lançamento inicial não tive grande interesse em Death Stranding, mas com o tempo a curiosidade foi subindo e a oportunidade de ver o que isto era surgiu agora.

Ataque dos Clones, Caça ao Indie

Clones para decorar a casa ou partir tudo

Os dois indies desta semana não nos trazem esse 2 em 1 de gémeos bonitões a decorar-nos a casa, em que um compra, o outro destrói.

Análise

Hot Wheels Unleashed: tirar os carros da caixa sem lascar a pintura

Hot Wheels Unleashed é um dos melhores jogos de corrida de arcadas dos últimos anos, e o único que serve de sequela espiritual de Micro Machines.

Análise

Vampire: The Masquerade – Blood Hunt

Tanto para os fãs de Vampire: The Masquerade como de battle royale fica a recomendação para experimentar o que as noites de Praga têm para oferecer.

Análise

Análise a FIFA 22

FIFA 22 continua a ser um bom jogo de futebol, claramente o melhor do mercado pela oferta da jogabilidade, os modos de jogo diversos e claro, as licenças oficiais atualizadas.

Análise, Caça ao Indie

Lost in Random: a sorte é um grilhão na luta de classes

Lost in Random é um daqueles geniais mundos que merecia uma vida para além do brilhantismo que alcançou nos videojogos.

Análise

Deathloop: Deathgoty ou Deathflop?

Deathloop claramente não é para todos. Está longe da excelência dos títulos anteriores do estúdio francês responsável por Dishonored.

Caça ao Indie

Anda daí e conta-me uma história

Estes dois indies de hoje são um bom exemplo de duas formas diferentes como o mercado independente nos tem mergulhado no storytelling.

Caça ao Indie

Voxel e Eu

Permitam-me então um trocadilho, falando de jogos cuja direcção artística é baseada em voxels, como é o caso destes dois jogos indie de hoje.