Puzzle game

Caça ao Indie

FRACTER: o que perdemos de nós para a escuridão?

FRACTER é uma agradável surpresa nos jogos indie de puzzle, com um subtexto complexo que vai sendo sussurrado a cada nova sala, e a cada novo quebra-cabeças.

Caça ao Indie

Militia 2: como não julgar o livro pela capa minimalista

Militia 2 foi lançado há dias por uns parcos 6,59€ e é um excelente jogo de estratégia/puzzle

Análise

A Plague Tale: Innocence, a fragilidade e o medo de mãos dadas

Sejam os jogos de luzes e partículas, as brilhantes modelações e animações dos personagens, os detalhes e construção do cenário, cada momento de A Plague Tale: Innocence é uma verdadeira maravilha artística.

Análise

Muito mais que Hotline Katana ZERO

Apesar das limitações mecânicas, Katana ZERO consegue criar cada um dos seus níveis como um puzzle distinto por si só, criando um desafio constante em cada uma das suas onze missões.

Kinder Surpresa, Touch Me!

Homo Machina: as belas maquinações humanas

Homo Machina mostra o corpo humano a funcionar como uma fábrica. Ensina e diverte ao mesmo tempo suportado por uma arte fantástica.

Caça ao Indie

Parabéns. A bicentésima caçada indie está aqui

Duzentas caçadas semanais depois, aqui estamos.

Caça ao Indie

Terrorarium: alguém pediu um Pikmin de vão-de-escada?

Comparar Terrorarium a um mockbuster de Pikmin pode não ser muito justo, mas infelizmente, há pouco interesse nele para além disso.

Chicken Nugget

Ah Love!… O Puzzle do amor

Ah Love! é o puzzle do amor.

Opinião

O Puzzle da árvore pinchona: um poema para Jumper Tree

Era uma vez uma bola Que saltava em qualquer direcção Mas não se podia mexer à tola Pois não era essa a solução.  …

Análise

When Ski Lifts Go Wrong: eis a pior estância de ski de sempre

When Ski Lifts Go Wrong, lançado originalmente em Early Access com o título Carried Away, chegou à Switch e ao PC, ainda que jogá-lo com rato e teclado seja a solução perfeita.