roguelike

Caça ao Indie

Astral Ascent: fuga do Hades, ou fuga do Céu

Astral Ascent é o melhor sucedâneo a aplacar a fome que muita gente deve ter por algum jogo com a mesma abordagem, rejogabilidade e desafio de Hades.

Caça ao Indie

Do Japão feudal (ou lá perto), com amor

Os 3 indies desta Caçada representam a cultura japonesa como a sua grande musa.

Caça ao Indie

There is no Kill like Overkill

Os dois indies de hoje também levam tudo ao extremo, mas no caso destes, ainda bem.

Antevisão, Caça ao Indie

Beyond the Long Night: Balloon Fight por essa montanha a cima

Gosto muito de ser surpreendido. Com videojogos, entenda-se. Na vida real, nem tanto. Culpem a minha necessidade patológica de ter tudo sob controlo, que…

Caça ao Indie

The Guild of Dungeoneering: masmorras que caíram na escuridão

Guild of Dungeoneering, tinha potencial a entrar na masmorra mas a tocha apagou cedo e perdeu-se na escuridão.

Caça ao Indie

Bons ventos de pixel art

É possível que para os jogadores mais jovens, que entraram nesta paixão dos videojogos com o 3D a dominar o mercado, que por vezes os títulos em pixel art de alguma forma soem a algo ultrapassado.

Caça ao Indie

Piores que o Malamen

Por vezes há semanas em que tudo o que cai na rede não é peixe. Gosto de vos trazer pérolas brilhantes do mundo dos videojogos, mas nem sempre é possível.

Antevisão, Caça ao Indie

Poker Quest: o ataque da mão do morto

Poker Quest é surpreendentemente profundo, e é daqueles jogos desafiantes que partem, de forma genial, de premissas de conhecimento geral como o poker.

Caça ao Indie

Jogos para quem ainda quer ser surpreendido

Muitos dos jogos que jogo semanalmente serão esquecidos, mas há outros que fazem algo diferente e que são suficientemente originais para marcarem.

Caça ao Indie

Deck-building como se a nossa vida dependesse disso

A cada mês chegam novas e interessantes propostas em torno dos deck-builders.