roguelike

Caça ao Indie

Sim, trato já do sacrifício… assim que acabar esta pintura. Cultist Simulator

Cultist Simulator é isto, arrastar umas cartas para as outras, de maneira a que os recursos gerados por elas desenvolvam novas cartas ou novos locais para onde as arrastar.

Análise, Caça ao Indie

Oh que fofinho! Afinal é um Son of a Witch

Sof a Witch é um excelente indie roguelike que nos traz uma ideia old school: ou acabamos de uma assentada ou temos de começar tudo do início.

Análise, Caça ao Indie

Juicy Realm: balada de frutas

Juicy Realm é um divertido roguelike twin stick shooter para toda a família com fruta que nos quer matar. E não estamos a falar do Apito Dourado.

Caça ao Indie

Sky Rogue into the Danger Zone!

Sky Rogue into the Danger Zone!

Análise

Deep Sixed: uma pérola no espaço profundo

Deep Sixed para além de um roguelike é também um simulador, e como qualquer bom simulador, tudo pode correr mal.

Antevisão, Caça ao Indie

For the King ou pelo que quiserem

For the King, uma boa opção para quem quer um RPG para jogar com amigos.

Caça ao Indie

Foie gras de indie com guarnição de roguelike

Comer bem e jogar bons jogos são artes difíceis de dominar.

A Hora do Meh

Dragões e Mehsmorras

O filme de Dungeons and Dragons ainda hoje nos causa pesadelos. Por outro lado há jogos que são tão inócuos que nem isso fazem.

Antevisão, Caça ao Indie

Super Cane Magic Zero: cacifos e vegetais não hei-de eu comer

Super Cane Magic Zero consegue trazer uma aura divertida, colorida e surreal aos roguelikes.

Antevisão, Caça ao Indie

Next Up Hero: mais uma moeda, mais uma voltinha

Next Up Hero é um roguelike assíncrono que nos leva de volta às moedas que gastávamos nas máquinas de arcada.