Square Enix

Análise

Lost Sphear: a auto-homenagem da Square. E pouco mais

Mas em que é que falha Lost Sphear, onde por exemplo Bravely Default não falhou?

Análise, Observador

Dragon Quest Builders: Minecraft, mas com um objectivo

Dragon Quest Builders une, literalmente, o melhor de dois mundos, criando o nosso jogo favorito do género.

Análise

Final Fantasy XV: Comrades – Potencial em bruto

Às armas, camaradas! Pelo fim dos loading screens e pelas patuscadas no campismo!

Opinião

Life is Strange: Before the Storm

Criar uma sequela ou uma prequela para aquele que foi um dos grandes jogos da sua geração não é tarefa fácil.

Opinião

Um TRPG, um baralho de cartas e um molho de dados entram num bar

Children of Zodiarcs traz-nos um dos melhores TRPGs dos últimos tempos. Mas apenas se olharmos para o combate.

Observador

Final Fantasy XII: The Zodiac Age, o melhor dos esquecidos

Final Fantasy XII: The Zodiac Age é o momento perfeito para conhecer um dos jogos mais injustamente criticados na altura do seu lançamento.

Análise

Nier Automata: Anime Pós-pós-moderno

A mãe de Forrest Gump diria que Nier: Automata é como a vida: nunca se sabe o bombom que nos vai calhar.

Opinião

Desconstrução de Hitman: 1st Season – pt.2

Enquanto jogava Hitman: First Season, inúmeras vezes me lembrei de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain como contraste dentro do mesmo género.

Análise

Jornada rumo ao Oeste

A Square conseguiu finalmente dobrar o cabo das tormentas e aportar no moderno séc. XXI… seja bem vinda. Que outros lhe sigam a rota.