Stealth

Análise, Caça ao Indie

Nem só de árvores é feita uma floresta

Aragami 2 é um bom jogo de acção furtiva, mas será que tem a capacidade de ser a surpresa que foi o seu antecessor. Não é feito fácil.

Caça ao Indie, Kinder Surpresa

Liberated: onde a liberdade não é grátis

Liberated, uma graphic novel jogável mais actual do que se esperava há uns anos.

Análise

Styx – Shards of Darkness

O detestável Styx regressou neste Shards of Darkness., trazendo-nos de volta aos jogos de stealth o

A Hora do Meh

Beyond Enemy Lines – mais não, por favor!

Beyond Enemy Lines é um jogo de acção furtiva que promete passar furtivamente pela vossa biblioteca de jogos instalados.

Opinião

Desconstrução de Hitman: 1st Season – pt.2

Enquanto jogava Hitman: First Season, inúmeras vezes me lembrei de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain como contraste dentro do mesmo género.

Opinião

Desconstrução de Hitman: 1st Season – pt.1

A primeira parte de uma análise detalhada a Hitman: First Season, semanas depois da temporada ter finalmente terminado.

Opinião

Sniper Elite 4: a alvejar fascistas como se fosse 1943

Se há algo que Sniper Elite 4 tem, e cada vez melhor em relação aos seus antecessores, é a espectacularidade das mortes em Raio-X.

Caça ao Indie

A última Caçada Semanal

Num 2016 repleto de Caçadas Semanais, trazemos os últimos 3 indies na última Caçada Semanal.

Post Scriptum

Uma descarga de Taser na memória

Taser: a razão que nos fez apaixonar por Syphon Filter.

Análise

Deus Ex: Mankind Divided – Força R3volucionária

Deus Ex: Mankind Divided traz-nos uma sociedade politica e socialmente dividida onde o racismo fala mais alto. Um exemplo da realidade a inspirar a ficção.