steam

Caça ao Indie

Afinal há jogos hardcor-de-rosa

Pinkman e Rabisco pegam nos géneros de acção e plataformas implacáveis e fazem-nos sentir bem recebidos na face de tanta morte.

Caça ao Indie

Há mundos que se resolvem ao clique do rato

Seja a procurar alguém querido em Chernobyl ou a disfarçar o que pode ser o crime perfeito, estes 2 indies mostram-nos o poder de um clique em mundos… virtuais.

Caça ao Indie

Mini Motorways: estou na estrada para o Inferno

Mini Motorways obriga-nos a resolver os problemas de trânsito de uma cidade que não pára de crescer,

A Galinha dos Ovos de Ouro

[PASSATEMPO] A GALINHA DOS OVOS DE OURO #55

O novo passatempo d’A Galinha dos Ovos de Ouro tem disponível um código de Steam de Shadowrun Returns, Residue e Albino Hunter.

A Galinha dos Ovos de Ouro

[VENCEDOR] A GALINHA DOS OVOS DE OURO #54

Já sabemos a quem vamos dar o 54º cesto d’A Galinha dos ovos de Ouro, que inclui um código de Steam de Cities in Motion 2, Sunset e Hack ‘n Slash.

Análise

WONDER BOY: ASHA IN MONSTER WORLD – preso em 1994 e no PC

Há mesmo um sentimento agridoce ao jogar este Wonder Boy: Asha in Monster World.

Caça ao Indie

Aponta, clica, tenta, resolve, sucede

O mercado indie continua a ser solo fértil para aventuras gráficas. Os 2 indies desta semana mostram essa realidade.

Caça ao Indie

Ayo the Clown: pouco mais que uma piada conhecida

Ayo the Clown é um jogo não aconselhado a coulrofóbicos.

Análise, Caça ao Indie

Omno corta mais nas gorduras que um cirurgião estético

Omno foi um jogo que joguei por impulso, mas talvez tenha sido dos jogos que mais prazer me deu jogar e fazer a análise nos últimos tempos.

Antevisão, Caça ao Indie

Poker Quest: o ataque da mão do morto

Poker Quest é surpreendentemente profundo, e é daqueles jogos desafiantes que partem, de forma genial, de premissas de conhecimento geral como o poker.