Xbox Game Pass

Caça ao Indie

Carrion: o monstro dentro de nós

Carrion foi uma das maiores surpresas do ano, vindo praticamente do nada, este jogo de horror reverso é refrescante, repleto de humor negro e tem uma jogabilidade muito divertida.

Análise

Battletoads: remake, reboot, sequela, whatever…

O remake de Battletoads é uma aventura tresloucada com personagens que parecem ter saído de um manicómio, resultando numa experiência diversificada e divertida.

Análise

Crusader Kings 3, ou como ser o rei dos Littlefingers

Conquistas e intrigas, tudo o que faz um reino sólido está aqui.

Análise

Microsoft Flight Simulator: realismo máximo e liberdade total

Resta saber o quão bem a Microsoft vai cuidar desta pérola que, com toda a certeza, irá inspirar uma nova geração de pilotos e entusiastas. 

Análise

Bleeding Edge: uma teoria com Overwatch em vista

A Ninja Theory lançou agora Bleeding Edge, aquilo que podemos apelidar de um Overwatch mais focado em espadas e armas melee, mas não só.

Análise

Phoenix Point: nascido das cinzas, forjado no fogo

Um pouco atrasados à festa por razões, a nossa opinião sobre Phoenix Point, o mais recente jogo de Julian Gollop, o criador do Xcom original.

Análise

Ori and the Will of the Wisps: a floresta da perfeição

Ori and the Will of the Wisps é um hino à jogabilidade, à componente sonora e visual que se fundem como um grande filme de animação da Pixar.