Xbox Series X/S

Análise

Scarlet Nexus: perigosos jogos mentais

A análise a Scarlet Nexus, um dos melhores action RPGs do ano que nos chega pela mão da Bandai Namco.

Análise

Biomutant: de boas ideias está o i̶n̶f̶e̶r̶n̶o̶ mercado cheio

Diretamente da Suécia, Biomutant está em produção desde 2015, pelo estúdio indie Experiment 101, fundado por muitos developers da Avalanche Studios, trazendo na bagagem…

Análise

Biomutant: uma pequena lição para os grandes

Biomutant está pejado de falhas e fraquezas, mas é uma gradável lufada de ar fresco nos pontos em que acerta.

Caça ao Indie

Dai-me mais indies que a vida é nada

Os 2 indies do qual falamos hoje são apenas uma pequena gota no oceano de o que originalidade mercado nos brinda há mais de uma década.

Análise

Resident Evil Village: viagem ao centro do terror

Resident Evil Village é um carrocel de ritmo, alternando entre o excelente e o meh, sobretudo em certas alturas da história que parece não fazer qualquer sentido.

Análise

Hood: Outlaws & Legends – inimigos do Estado

Hood: Outlaws & Legends é uma abordagem PvPvE que funciona bem na teoria, mas que rapidamente se gasta na sua ideia.

Análise

Outriders: não é preciso inventar nada para ser bem falado

A People Can Fly prova-nos com Outriders: não é preciso inventar nada para ser bem falado.

Caça ao Indie

Um pato, um gorila e um javali entram numa prisão e…

No que às mecânicas de metroidvania diz respeito, One Escape segue a tradicional fórmula na perfeição.

Caça ao Indie

Paradise Lost: o adeus à Terra como a conhecemos

Paradise Lost é um objecto de História Alternativa, onde a Segunda Guerra Mundial se prolongou por mais de vinte anos, e a Europa foi dizimada por mísseis nucleares.

Análise, Caça ao Indie

Deixem-me voar nos céus de Panzer Falcoon

As primeiras imagens de The Falconeer traziam o sabor de Panzer Dragoon para os dias de hoje. Mas ele revelou-se muito mais do que isso.